LFBR

Moon Byul

em Sab 23 Nov - 9:17




https://i.imgur.com/cPTboew.png
https://i.imgur.com/ZV64Srh.png
Moon Byul

B
Support
Masculino
23 Anos
1,88 m
72 Kg
O-
Favela de Seul

31
31
45
473
120

Seoul
1.000
Nenhuma
Freelancer
0
0
0 G$
Desconhecido
0
0
Healer
1
Favela de Seul
150 G$
Sem plano se saúde



STATUS

UNDEFINED

BIOGRAFIA

CLASSE

INVENTÁRIO


UNDEFINED

<< UNDEFINED >>
















NOME:

Undefined

RANK:

X

TÍTULO:

"Undefined"

CLASSE:

Undefined

GÊNERO:
 
Undefined

IDADE:

XX anos

ALTURA:

x,xx m

PESO:

xx Kg

TIPO SANGUÍNEO:

XX+

LOCALIZAÇÃO:

Undefined

G$:

000.000.000

ORIGEM:

Undefined







FORÇA:

0

INTELIGÊNCIA:

0

AGILIDADE:

0

SENTIDOS:

0

VITALIDADE:

0

HP:
0

MP:
0



Nue é uma pessoa extremamente memorável. Além de sua altura, que é facilmente superior a altura mediana não só de seu pais, mas, do mundo todo, sua forma esbelta dá a impressão que é ainda maior do que realmente é. Seus traços faciais delicados, cabelos negros que entram em contraste com sua pele alva, o fazem charmoso e agradável de se observar – pelo menos, nos momentos em que não está com uma expressão que grita ‘perigo’ no rosto.

Porém, ainda que sua aparência seja importante de se mencionar, a aura que o circunda é a impressão que permanece – uma mistura de perigo e loucura, de melancolia e escuridão. Seus olhos verde-jade são afiados e sem vida, raramente ondulando para demonstrar um pingo de surpresa ou interesse, permanecendo eternamente impassíveis – como os olhos de uma cobra observando sua presa. Isto dito, e resumidamente, Nue é charmoso e encantador por natureza, porém, sua aura e seus olhos tornam difícil as pessoas o observarem apropriadamente. Além disso, curiosamente, o jovem está sempre usando uma máscara de cirurgia, não a tirando nem para comer ou dormir.


Nue é perturbado e podre por dentro - esta é a melhor maneira de o definir. Ele não se importa com o quão cruel e perversas suas ações e atutides podem ser. Enquanto que ele não age com o propósito de causar dor e sofrimento aos outros, ele dificilmente se importa se eles vão acabar quebrados e destruidos para além de qualquer restauração. Seu código ético e moral estão no fundo no poço, e conceitos como amizade e lealdade são estranhos a ele. Para Moon Byul, o mundo gira em torno de interesses. Caso fosse necessario, ele estaria disposto a destruir o mundo inteiro, para não falar de seus 'companheiros', por seus próprios sonhos e objetivos.

Como alguém que prefere ruminar e pensar ao invés de interagir, Nue raramente fala mais do que o necessario com outras pessoas. Ainda assim, apesar de tal traço de personalidade, ele é perfeitamente capaz de se comunicar com terceiros e, mesmo, não demonstrar sua calosidade e frieza - isto dito, ele é totalmente capaz de se apresentar como alguém frio e distante ao invés de alguém cruel, mentiroso e brutal. Não que ele se importe em o fazer. Na maior parte do tempo, Nue fala livre e sinceramente e é brutalmente honesto sobre seu ponto de vista, o que, mais frequentemente do que não, o coloca em conflito com outras pessoas e acaba o isolando ainda mais.

Porém, este lado distante e mal não é a única coisa sobre ele que é importante mencionar. Nue tem uma determinada curiosidade que lembra a de uma criança - insessante e inesgotavel - frequentemente ponderando e questionando aquilo que não é capaz de entender. Por causa disso, demonstra grande interesse na acquisição de conhecimento e por vezes realidade experimentos por conta - não apenas por questão de curiosidade, mas, também, para satisfazer seu grande objetivo.


Toda ação tem uma reação; não existe efeito sem causa. Byul é perverso como se de natureza, e podre até a alma. Porém, a personalidade e existência de um indivíduo são um reflexo do ambiente no qual eles viveram e vivem, e Nue não é uma exceção.

Moon Byul nasceu como o segundo filho de um casal que morava nas favelas de Seul. Enquanto que a família pouco tinha, seus pais o criaram de maneira adequada e se esforçaram para lhe dar o melhor. Infelizmente, sua história não teve um desenrolar feliz. Após sua família ser morta por um assassino em série, Byul foi enviado a um orfanato e, posteriormente, vendido em um esquema de tráfico de crianças.

Byul passou por muitas mãos, foi ordenado por diversos mestres, homens e mulheres perversos que satisfizeram os mais estranhos fetiches com seu corpo. No fim, ele acabou no Campo Minado.

Daquele dia em diante seu nome prévio foi esquecido e foi renomeado, foi quando ‘Nue’ nasceu. O Campo Minado era um verdadeiro inferno na terra. Ele ainda consegue se lembrar daqueles dias e dos jogos doentios nos quais foi forçado a participar. Crianças, com não mais do que dez anos, correndo através de um pedaço de terra cheio de armadilhas perigosas e bombas destrutivas. Os gritos penetrantes, os choros dolorosos, as explosões ensurdecedoras... mesmo hoje em dia, Nue ainda é capaz de os escutar, ecoando em seus ouvidos antes de ir dormir.

O sangue, as vísceras, os membros, os fluidos cerebrais... Nue foi forjado para se tornar o que hoje é através da constante ameaçada da morte, e da constante cena de dezenas e centenas morrendo dia após dia. Porém, piores eram os dias em que não precisava correr pelo campo minado, pois nestes dias era emprestado a espectadores ricos que o usavam como bem desejassem.

Era difícil e machucava, mas, Nue aprendeu a lidar com aquilo. Através de mentiras e truques, derrubando os demais e os eliminando, ele sobreviveu por tempo suficiente para conhecer Letto, e então sair daquele inferno.

A mulher era uma pessoa estranha e cheia de mistérios e, conturbada a sua própria maneira. Certos dias, tratava Nue como um animal de estimação, o forçando a usar coleiras e correntes. Em outros, seu pequeno brinquedo para satisfazer seus desejos sexuais. Porém, ao mesmo tempo, Letto foi uma instrutora para Nue e quem lhe ensinou a maioria das coisas que sabe, incluindo, mas não se abstendo, a criação de venenos.

Quando Nue despertou o mistério que a circundava apenas aumentou. Foi Letto, ainda, que o ensinou a controlar sua mana e fazer uso de seus novos poderes, e mesmo que Nue tenha despertado como um ranque B, suas reservas pareciam insignificantes perante as dela. Ela foi, também, quem trouxe Nue de volta a Seul e, eventualmente – perante a premissa que Nue viria a seu encontro quando ela necessitasse (e o uso de uma estranha magia) – o permitiu viver sua própria vida.

Nue não optou por se tornar um caçador imediatamente. Por aquela família cujo nome ele não lembrava mais, ele tentou viver uma vida normal como a de pessoas comuns. Infelizmente, sua presença esmagadora se comparada a de outras pessoas, e sua atitude fria e brutal, jamais o permitiram se misturar e se adaptar a sociedade de pessoas comuns. Foi apenas então que Nue decidiu se tornar um caçador.

AFILIAÇÃO:
--
CARGO:
Freelancer
MISSÕES CONCLUÍDAS:
0
MISSÕES FRACASSADAS:
0
SALÁRIO:
0 G$

GRAU DE FAMA:
Desconhecido
PONTOS DE FAMA:
0
PORTAIS CONCLUÍDOS
0


PLAYERS


NPCS






CLASSE:
Undefined

SUB-CLASSE:
Undefined

NÍVEL DA SUB-CLASSE:
Grau 1


• Veneficio
• Sedução
• Sangue frio
• Malandragem
• Lábia





Escudo Divino
NOME: Escudo Divino

DESCRIÇÃO: Sempre que cura uma criatura que não seja a si mesmo, o healer ganha para si um escudo de mana que o protege.

CONDIÇÃO: Curar alguém que não a si mesmo

BÔNUS: Um escudo de mana que defende um Único ataque absorvendo o dano no valor equivalente à sua cura.




ITEM: Presente da Associação

DESCRIÇÃO: Uma Arma que a Associação presenteia a caçadores iniciantes. Eles permitem até mesmo que escolham sua favorita.(Item mundano, não dá bônus).


G$: 000.000.000




MORADIA
LOCALIDADE:

CUSTO: 0 G$




DESPESAS

FATURA HOSPITALAR:

































DEV.Reme
DEV.Reme

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Mensagens : 649
Dinheiro : G$ 1,000
Localização : Seul
Rank B

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)