LFBR

First Tail - Fire & Sword

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

em 16/7/2020, 20:37




Aventura

Aqui ocorrerá a aventura do Caçador Minamoto Hayato, a qual não possui narrador definido.

ADM.Sky
ADM.Sky
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank B


_________________
First Tail - Fire & Sword 00ho70d  First Tail - Fire & Sword 1iVyzP5  First Tail - Fire & Sword VCrRNtn


First Tail - Fire & Sword G32siSE

~ Ichibi ~

E mais um dia monótono na sufocante Tóquio tinha inicio… Ao menos é isso que acontecia normalmente, mas não hoje, hoje era um dia especial! Era o dia em que daria o primeiro passo em direção a minha vida como um caçador. - “O primeiro degrau.” - Me espreguicei indo em direção ao guarda-roupas e apanhando um dos meus robes bege, vestindo por cima um quimono amarelo com detalhes pretos, um par de sandálias e o mais importante: as mascara da Kitsune que repousou na lateral da cabeça. - Hrum, Hrum, vejamos. - Olhei em volta buscando meu celular, documentos e dinheiro. - Certo, certo, então vamos ao que interessa. - Com um leve sorriso no rosto deixando a ponta do meu canino apacer caminhei em direção a saída, trancando a porta no processo e guardando as chaves no bolso.

Meu destino era nada menos do que a guild mais famosa e renomada de todo Japão, a intimidadora Draw Sword, um nome que fazia muitos estremecerem por pertencer ao falso Yokai. - “Um humano que se acha um Yokai.” - Um sorriso debochado se abriu em meu rosto. - “Mostraremos a eles o que é um Yokai de verdade.” - Aquele sujeito poderia estar no topo ostentando seu título de Yokai, mas um dia com certeza eu mostraria a ele e a todo Japão como a Kitsune estava acima de todos eles, mas como uma raposa astuta eu permaneceria a espreita, conquistando meu próprio espaço sob o teto do predador.

Deixando meus devaneios de lado, continuaria a caminhada em direção ao prédio da guild, buscava sua localização no celular para facilitar o trabalho - mesmo que não fosse muito difícil encontrar um prédio como aquela na cidade onde passei minha vida toda. Assim que o alcançasse adentraria sem muita cerimônia, observando o cenário a minha volta com certa cautela, mas sem demonstrar qualquer desconforto. - Olá! - Diria com entusiasmo para um atendente ou balconista que encontrasse. - Eu sou Minamoto Hayato e estou aqui para me inscrever na guild! - Mostraria meu cartão de identificação, logo em seguida permaneceria no aguardo de mais instruções para o recrutamento - se é que tivesse chance para tal.

Visual:

First Tail - Fire & Sword Fca2ed1a9bd3e4792a19e15c29961e23
Algo similar só pra situar.


Histórico:
Post: 01
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: N/A
Localização: Centro de Tokyo.
Extra: N/A
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword SigngGrande

Narração
 


Alvorecia o dia com uma sutil chuva matinal, como era típico nos verões japoneses - e assim seria até meados de setembro. A sensação era de conforto e a brisa fria da chuva - o que só ocorria por estar longe dos primeiros andares - aliava o mormaço. Entre os travesseiros, o aconchego era tamanho que sequer dava vontade de levantar. E talvez Minamoto não levantaria, se hoje fosse um dia comum; mas, como não o era, o chamado era mais forte naquele dia predestinado.

Com um impulso de animo, Hayato se ergueu, ainda um tanto sonolento, dando um bom bocejo e indo direto para o armário. Pelas condições especiais de seu corpo, sequer suava e não era mais preciso tomar tantos banhos assim - ainda que o seu cabelo estivesse um tanto desgrenhado. Com sua melhor roupa e a fiel máscara ao lado da cabeça, estava muito bem ao olhar-se no espelho. Faltava-lhe, então, seus pertences, dos quais não se esqueceria - não hoje - e iam direto para os seus bolsos. Antes, ativou a tela do celular e viu que eram apenas 8:34am; havia um pop-up com a seguinte manchete "Yokai é visto disfarçado comendo podrão na 5-3, Yaesu 1-Chome". Era estranho como sempre apareciam notícias sobre o tal caçador, o que só alimentava o seu desejo. Bloqueou-o e enfiou no outro bolso.

Por mais ridículo que fossem as manchetes, aquilo o lembrava da razão de estar entrando no elevador - com sua casa devidamente segura - e descendo ao térreo. Ao fundo, uma leve sintonia de biwa e koto tocavam, instrumentos que eram tipicamente utilizados na época em que sua família foi tão gloriosa. Talvez fosse um dos motivos que aquele prédio havia-o conquistado, porque certamente não era o feio porteiro, de face enrrugada, o qual projetava a sua pança para frente. Ainda assim, este sempre assentia com a cabeça para Minamoto, ao passar, ainda que não soubesse o nome um do outro. Ah! E certamente havia outro motivo, pois da janela de seu apartamento, com os bons olhos que tinha conquistado ao despertar, podia ver o imponente prédio da Draw Sword a se destacar entre os demais.

Dito isso, e não era nenhuma novidade, Minamoto sabia onde o edifício estava localizado, mas por eficiência e nem tanto por segurança, o GPS era um grande escudeiro. O caminho já não era tão agradável como o interior de seus aposentos, visto que as buzinas eram constantes e sempre haviam muitos pedestres na rua. Talvez fosse por sua aparência peculiar, mas Minamoto sempre atraía olhares - conseguia perceber - por onde passava, principalmente das pessoas com o vestuário de empresas ou os engomadinhos.

Foi sob esses constantes olhares que o caçador chegou à sede da Draw Sword, cerca de quarenta minutos depois, em uma caminhada tranquila, já tendo cessado a garoa, como se fosse uma pessoa comum. Porém, ao ultrapassar aquela porta e pisar nas dependências daquela poderosa guilda, era claro que não havia nada de comum consigo. O exterior do prédio era uma longa estrutura vertical, que se afunilava como a ponta de uma espada. Ainda, em frente à guilda, havia diversos carros pretos e chiques, um mais que os outros. O interior não ficava para trás em modernidade. Não era um local vazio; pelo contrário, era repleto, cheio de balcões e recepções, a fim de atender a todo o público e, do lado de fora, havia visto duas outras pessoas de braços cruzados, na entrada, como se aguardassem por algo.

Nisso, as guildas atuavam muito semelhante às empresas; e a Draw Sword era uma das maiores. A atendente o recebeu de forma simpática, já estendo a mão para receber suas credenciais e, ao mesmo tempo, empurrando uma papelada, com uma expressão franzida — Assine aqui e aqui - apontava — Você sabe que estamos com o recrutamento limitado para caçadores de Rank C? - indagava. Talvez o início de um sonho não durasse tanto quanto esperado — Bem, é limitado, significa que você provavelmente não passará, salvo seja excepcional, pois já estamos cheios de caçadores de rank C com habilidades medianas - informava, e o fazia sem nenhuma maldade, mas com o devido profissionalismo.

Recolhendo a papelada, a secretária carimbava diversas páginas e advertia — Com este contrato, se viermos a te aceitar, você já terá tudo resolvido, mas há a possibilidade de rejeição, o que o tornaria nulo - batia a pilha de papel — Vocês caçadores não parecem se importar, então creio que você não vá ler tudo isso, certo? - questionava; e realmente não era algo incomum. Com um suspiro, prosseguia — De toda forma, lhe garantismo um percentual justo, assim como todos os outros, sob o valor das dungeons. Caçadores de rank C são bem pagos e, quanto maior o seu valor para guilda, mais benefícios você pode desfrutar, além do dinheiro - dizia amistosamente.

Em seguida, guardando os papéis, ela começava a mexer em sua mesa virtual, digitando rapidamente — Irei marcar o seu teste, certo? - sequer esperava uma resposta — Temos um teste marcado com vaga livre para magos daqui a... uma hora! - erguia o olhar, com a cabeça virada para a mesa — O líder desta raid é o experiente caçador de Rank B, o Sr. Ino. O grupo será formado por outros dois novatos de Rank C, que também estão em período de teste e um caçador de nossa guilda. Juntei você ao grupo e já está confirmado - fazia um gesto exagerado de tocar na tela, indicando que havia terminado — O portal é de rank C, localizado nas proximidades do Parque Akagawa. Você possui meios de chegar ao local? Providenciamos transporte coletivo, se necessário - entregava um cartão para Minamoto, o qual era o seu passe para uma das caronas da guilda — Basta informar ao nosso motorista, sempre há uma fila do lado de fora... ah, perdão, um deles está marcado para partir em quinze minutos, até o local de teste! Parece que os outros dois novatos estão aqui, também, aguardando. Boa sorte com o teste! Se me der licença - exclamava, dispensando Hayato educadamente.



Controle:


HP: 1000
MP: 10200

Ataque: 270
Defesa 270

Dano - base: 340 + 170 = 510
Passiva: 0/3




Off: ainda tá com a fichinha da canção de lobo :wing:




ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
300 Keks
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
First Tail - Fire & Sword Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


~ Ichibi ~

Yokai, o homem que ostentava fama, fortuna e poder mesmo que talvez esse não fosse seu desejo, já que apenas o simples fato de estar comendo em um local público se tornava uma manchete chamativa. - “Gente como a gente?” - Ri comigo mesmo antes de fechar a notícia, chegava a ser irônico como a futilidade havia se tornado tão importante, talvez mais importante do que o fato daquelas malditas formigas ainda estarem a solda enquanto o dito caçador mais forte passeava sob um disfarce mal feito. - “Criatura mais poderosa, hrum.” - Dei de ombros e continuei seguindo meu caminho, se havia algo bom naquele inicio de manhã sem duvidas era a melodia que ecoava pelos corredores do prédio, era sempre revigorante e faria valer cada kek do aluguel!

O restante do caminho até o sede da Draw Sword foi como qualquer outro dia, por mais que as pessoas de Tóquio fossem ocupadas demais com seus afazeres sempre reservavam alguns segundos - ou minutos - do seu dia para me observar, provavelmente não eram os mesmos olhares que despejavam sobre Yokai, mas um dia certamente isso mudaria. - “É bom que se lembrem desse rosto.” - O sorriso singelo estava ali sempre presente mesmo diante tantos olhares, não existia um real motivo para me sentir acanhado ou ter vergonha, de cabeça erguido prossegui até meus pés tocarem pela primeira vez o interior de uma guilda!

A atmosfera do interior da Draw Sword era completamente diferente, senti como se uma onda de choque tivesse me atingido e feito meu corpo estremecer por completo. - “Então essa é a sensação...” - Um sorriso torto se formou lentamente. Respirei fundo, fechei os punhos com firmeza e continuei a caminhada até o balcão onde fui recepcionado com educação e… A dura realidade pra variar. - Excepcional? - Arqueei uma das sobrancelhas. - Então estou com sorte! - Ergui o dedo indicador próximo a tempora. - O homem que almeja o topo não pode se dar o luxo de estar apenas na média. - Concordava comigo mesmo assentindo com a cabeça algumas vezes.

O que vinha a seguir era… A querida burocracia, maçante mas necessária. - Huuuum, me parece justo, por hora é claro. - Respondia batendo o indicador de leve no queixo enquanto passava os olhos pela papelada, lendo por cima e dando mais atenção ao que me chamasse a atenção. De qualquer forma o teste estava marcado, um que aconteceria com outros dois novatos em período de teste, além de claro um caçador de rank B. - “Rank B?” - Uma oportunidade de presenciar a real diferença que existia entre os ditos rank C e os aclamados rank B. - “Uma única letra de diferença e o mundo te trata de uma forma totalmente diferente.” - Reclamar da vida não mudaria nada, tudo que podia fazer era o meu melhor para me destacar da forma que podia. - Tudo certo e não, eu não tenho como chegar lá. - Comentava com um sorriso meio sem graça no rosto, aquela era a realidade de um rank C desempregado no fim das contas, mas as coisas começavam a mudar, nem havia conseguido o emprego ainda e já tinha descolado uma carona na faixa! - Fico agradecido. - Baixei levemente a cabeça agradecendo a atendente. - Então se me dá licença vou me apressar! Tenha um bom dia e nos vemos em breve quando passar pelo teste e vier pegar meu contrato definitivo! - Virei de costas e acenei enquanto me distanciava indo para a direção informada.

Mantinha minha postura confiante até chegar ao tal motorista que me levaria ao portal. - Olá! Eu estou aqui para realizar um teste que vai acontecer nas proximidades do Parque Akagawa, me disseram que você vai partir em breve para essa localização. - Repassava a informação conforme havia me sido dito na recepção. Aproveitaria o tempo restante até a partida para ver se encontrava os outros dois caçadores, se conseguisse ouvir algo que indicasse quem eram me aproximaria de forma amigável. - Yo! - Ergueria a mão com a palma aberta e apenas o polegar dobrado. - Estão aqui para o teste também? - Comentaria mantendo a mesma expressão. - Ah, que falta de educação, eu sou Minamoto Hayato, elementalista de rank C, é um prazer. - Uma apresentação básica dado a situação, talvez indicar minha classe e rank fosse desnecessário? Bem, talvez não nesse meio ainda era tudo muito novo. De qualquer forma aguardaria até o momento da partida, onde me sentaria em um local próximo aos outros caçadores iniciantes - se fosse bem vindo - e então esperaria até o desembarque no local de teste.


Histórico:
Post: 02
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: N/A
Localização: Sede da guild Draw Sword.
Extra: N/A
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword SigngGrande

Narração
 


Minamoto havia deixado uma estranha expressão na secretária, mas sequer deu tempo para perceber os seus efeitos, visto que se dirigiu ao lado de fora e procedeu como instruído mais cedo — Sim, senhor caçador, partiremos em dez minutos - o chofer dizia, olhando para o seu smartphone — Você é o Sr. Minamoto? Queira entrar, por favor, estávamos no seu aguardo - o homem abria a porta de trás, gesticulando para que Hayato entrasse.

Ao ver a cena, os dois indivíduos que encontravam-se de braços cruzados, os quais Minamoto havia visualizado mais cedo, se aproximaram — Ah, e eu estava esperando alguém falar comigo! Escutei que ia fazer um teste no Parque Akagawa, coincidentemente também estou indo para lá. Será que estaremos na mesma dungeon? Com o... Sr. Pino? - indagava. Quem havia falado era um caçador de cabelos grisalhos e vestes cor de jade, um fã dos adereços, como todos os jovens que queriam se diferenciar — Prazer, sou o Kota Hisui! Ranger de Rank C. Será a minha terceira  dungeon... - apontava o dedo para si, se orgulhando, como se fosse experiente — É a sua primeira? - questionava.

Logo após ele, o outro indivíduo se aproximava. Este passava uma impressão completamente diferente; uma sensação melancólica e instável, com cara de poucos amigos, olheiras profundas, cabelo desgrenhado e com uma postura... peculiar, como se fosse um morto vivo — Oika Koduku. Summoner de Rank C - falava, sem sequer fazer contato visual. Diferentemente do Kota, o qual tinha uma aura alegre e ingênua, de quem queria aparecer, este parecia não se importar muito com essas coisas.

Se adiantando, Kota foi o primeiro a entrar no Jeep preto, que seria o meio de transporte, enquanto Oika esperou que Minamoto entrasse — Janela... - dizia, com a voz de um morto, como se pedisse para Hayato entrar, para que pudesse ficar ao lado da janela - um passatempo comum durante viagens. E assim os três se alocaram, com bastante espaço para todos. A breve viagem durou pouco mais que uma hora e, ao olhar para o relógio de seu celular, Minamoto poderia ver que ele já marcava as 10:42 am.

Durante o percurso, o único a tentar estabelecer contato foi o jovem Kota, o qual parecia gostar bastante de falar — O que será que nos espera?! E como sera o tal Sr. Pino...*?! - seus dedos batiam nervosamente próximos à janela de vidro. Era claro que ele não estava relaxado — Me pergunto se ele é muito severo... mas é a minha terceira dungeon! Não há como me sair mal! Se não quiserem se machucar, basta deixar comigo! - comentava, respirando um pouco mais de confiança. Oika não deu sequer um olhar de atenção para o rapaz, senão um suspiro.

Logo o carro estacionou próximo ao Parque, o qual era bastante belo, mas encontrava-se interditado. Seria, realmente, um ótimo local para passar a tarde, se não fosse o portal azul ao lado da árvore cinza, que expelia uma grande quantidade de mana. E, do outro lado da árvore, se encontravam duas pessoas. Abrindo a porta, o chofer anuciava — Chegamos ao local de desembarque, por favor, tenham um bom teste - bem educado e treinado, ajeitava seu pequeno chapéu preto e sua gravata, apontando com a mão aberta para o portal  Ohhh... me dá calafrio só de olhar! - Kota sussurrava baixo, para si mesmo; mas é claro que os caçadores, com bons ouvidos, também escutavam.

Entre todos, Minamoto não deixaria de perceber que a dita Senhorita Kuroi possuía uma máscara de raposa ao lado da cabeça; entretanto, esta era preta, e não branca. O que aquilo poderia significar?

Paisagem:

First Tail - Fire & Sword 721b92eb1c959c5cbff2805302f06c17

Ao longe, uma das duas pessoas ao lado da árvore erguia o braço, indicando que era ali que deveriam se encontrar — Quem são os novatos? - a primeira a falar seria uma formosa mulher, que não se apresentava. Em seguida, um homem tomaria a frente, quando o grupo se aproximasse — Não seja tão mal educada, Senhorita Kuroi. Podem me chamar de Inoshi, serei o líder do ataque e o avaliador de vocês. Sou um tanker de rank B. Vocês são os novatos? Se apresentem, se iremos pertencer à mesma guilda, não queremos ser desconhecidos! Iremos enfrentar um desafio hoje. Asseguramos que todos estão seguros, desde que façam os seus papéis e nenhuma merda. Alguém aqui não sabe o que deve fazer lá dentro? - questionaria.

* O certo é Sr. Ino, você pode narrar que percebeu isso e corrigir ele, se quiser.

PP - Kota Hisui - Ranger - C:

First Tail - Fire & Sword 50ff4d0d3e290d13fcae108c0bfb7e9c

PP - Oika Koduko - Summoner - C:

First Tail - Fire & Sword 8a28d86f0c804618feb5585930617baa

PP - Senhorita Kuroi - ??:

First Tail - Fire & Sword 5fb824eef54b371cd07ebdda7ace6ee3

PP - Inoshi Akai - Tanker - B:

First Tail - Fire & Sword 7cd502214b8112bd2ff1e1fd4a6c20a9


Falas:
Kota Hisui
Oika Koduko
Inoshi
Senhorita Kuroi
Civis

Controle:


HP: 1000
MP: 10200

Ataque: 270
Defesa 270

Dano - base: 340 + 170 = 510
Passiva: 0/3








ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
300 Keks
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
First Tail - Fire & Sword Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


~ Ichibi ~

Um carro com chofer, quando foi a última vez em que estive em um? Acho que não era preciso pensar muito já que a resposta era óbvia: nunca! - Isso, sou eu mesmo! Agradecido. - Cumprimentei o sujeito baixando levemente a cabeça, pouco tempo depois mais duas pessoas entravam em cena. - Oh, é um prazer Sr. Kota, acredito que devemos estar no mesmo time então. - Olhava para o rapaz com o sorriso de sempre, era bom ter pessoas animadas como ele por perto. - Sim, sim, sou um completo novato Kyahahah! - Ri sem qualquer vergonha em admitir aquele fato. Já o segundo sujeito quase que passava despercebido, o mesmo emanava uma aura melancólica bem esquisita por assim dizer. - É um prazer! - Comentei entusiasmado, mas o garoto era tão denso que uma aproximação se tornava bem complicado, quem sabe outra hora?

Nosso meio de transporte não era nenhuma limousine ou algum dos carros executivos que estavam na entrada, mas quem era eu para criticar? Já era melhor do que os transportes coletivos da cidade. - Fique a vontade. - Deixava com que o garoto depressivo sentasse onde bem entendia e pegava o lugar vago, me acomodando no banco. Durante a viagem o único a puxar conversa era o experimente ranger. - Huuuum, tudo que sei sobre portais é o que vi nas notícias e livros, por mais que tenha estudado sobre monstros e a linguagem antiga das runas a prática é sempre bem diferente da teoria, Kufufufu. - Ri de uma forma quase que maliciosa, talvez fosse a intenção? - Mas sobre o Sr. Pino, acho que era Sr. Ino se não me falha a memória.  - Tombei a cabeça um pouco de lado com uma das mãos encostada no queixo, será que tinha entendido errado? - Contamos com você, Kota-san. - Um tom com um pouco de ironia era usado no final da frase, todos pareciam tão tensos como se estivessem caminhando para o seu próprio funeral, ou talvez eu quem estivesse relaxado demais por minha falta de experiência?

Papo foi e papo vem até que o carro finalmente chegou ao seu destino! Podia ter vivido minha vida toda em Tóquio mas aquela região em específica não era uma que costuma frequentar, se que já tinha estado ali antes, a vista era boa pelo menos, melhor do que a floresta de concreto do centro, mas de longe algo se destacou ofuscando a beleza de todo o resto. - Woooow. - Arregalei os olhos, surpreso principalmente com a presença do portal, vê-los em notícias e vídeos era completamente diferente de estar diante a um pessoalmente. - Incrível. - Murmurei comigo mesmo enquanto um largo sorriso se formava. Aquela vista fez com que uma estranha sensação percorresse o meu corpo, talvez fosse por ser um dos ditos caçadores despertados agora? Ou era o sangue dos Minamoto sendo atiçado pelo desconhecido, por uma terra a ser conquistada? Quem sabe um pouco dos dois, seja lá qual fosse o motivo era difícil desviar os olhos mesmo que por instante.  

Fascinado ou não, o veiculo tinha chegado ao seu destino e precisavamos descer! Sem mais delongas sai para não deixar Sr. Ino - ou Pino - Esperando. - Muito obrigado, tenha um bom dia de serviço, foi uma corrida agradável! - Agradecia ao motorista antes de caminhar em direção a uma dupla que nos aguardava. - Vamos lá! - Talvez por força do hábito assumi a frente mesmo que dentre todos ali pudesse ser o menos indicado para tal. Enquanto me aproximava a silhueta das duas figuras iam ficando cada vez mais claras e uma delas claramente se destacava. - “Hum?!” - Arqueei uma das sobrancelhas ao observar que uma das pessoas presentes também compartilhava de um gosto pessoal. - “Hoo! Inari veio me ver triunfar! Isso só pode ser um sinal de prosperidade, os céus estão ao meu lado!” - Aquilo só podia ser um sinal! Um sinal da própria divindade Inari! Com ela ao meu lado não existiam mais motivos para hesitar!

Todo encantado infelizmente era momentaneamente quebrado com a rispidez da mulher, talvez Inari não tivesse realmente se dado ao trabalho de me ver pessoalmente. - “Mas continua sendo uma presença mais que bem vinda.” - Concordava comigo mesmo. Logo o outro sujeito, Inoshi, se pronunciava, o que me fez discretamente olhar para Kota e gesticulei a palavras INO com os lábios sem soltar um som, apenas para sanar a dúvida sobre o dilema de Ino ou Pino. Logo após o pronunciament odo caçador me prontifiquei a saudá-lo. - É um prazer, Sr. Ino. - Dava um passo a frente quase como se fosse um soldado, mas logo meus músculos relaxavam, aquela postura tensa realmente não combinava comigo. - Eu sou Minamoto Hayato, elementalista do fogo de rank C. E sim, somos os novatos, pelo menos a maior parte. - Olhava na direção dos outros dois, novamente me metendo. - Essa vai ser a minha primeira vez em um portal, adquire apenas a teoria a respeito dos monstros e portais durante alguns anos, espero fazer bom proveito de meus estudos e treinamentos! Mas se você puder dar algumas dicas elas serão bem vindas, Kishishi. - Um riso inocente, talvez até mesmo um pouco petulante dada a situação.

As informações seguintes poderiam ser de suma importância e salvar a vida de alguém - a minha por exemplo - por isso prestaria bastante atenção antes de adentrar o portal  que só não era mais hipnotizador do que Inari, quer dizer, Kuroi. Se tudo estivesse certo e mais nenhuma pergunta fosse realizada seguiria nosso instrutor para o interior do portal, onde pela primeira vez nessa vida estaria vendo o interior de um dos temidos e também cobiçados portais.

Histórico:
Post: 03
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: Kota Hisui, Oika Koduko, Inoshi Akai, Kuroi.
Localização: Parque Akagawa.
Extra: N/A
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword SigngGrande

Narração
 


Ao juntarem-se à Kinou e Ino, Minamoto era o primeiro a se apresentar, seguido de Kota — Sr. --Ino! - olhava para Hayato, como se agradecesse por corrigi-lo — Sou o Kota Hisui, Ranger de Rank C, essa será a minha terceira dungeon e sou um caçador com alguma experiência! A guilda não se a-arrependerá em me ter! - exclamava, tentando exalar confiança, mas vacilando nos últimos momentos. A resposta veio como um grande balde de água fria — Imagino que você queira dizer que este é o seu terceiro teste para entrar em uma guilda? - a mulher indagava, com um tom afiado. Kota abria a boca, como quem quisesse redargui, mas não encontrava palavras, apenas baixando a cabeça, em desânimo.

Logo após, ambos membros da Draw Sword olharam para Oika, o qual permaneceu em silêncio — Vocês têm meus dados e já me apresentei a eles - respondia, com sua voz morta, cortando o  barato. Ao menos, as atenções eram desviados - momentaneamente - de Kota e este sentia-se um pouco melhor — Que seja... se tenho uma dica para vocês, é para agirem em conjunto. Vocês três ficarão atrás, soltando suas magias, enquanto eu controlo os monstros. É a forma mais fácil de limpar uma dungeon. A senhorita Kuroi será responsável por garantir que nenhum de vocês se machuque. É a nossa healer - informava, ao passo que a mulher levantava a mão, em um aceno para os três — Não se preocupe, ainda que eu não goste de voc- - passava o olho em todos, enquanto falava, parando subitamente ao ver a máscara de Minamoto. Assim ficou por três segundos, quando voltou a si — Ainda que eu não goste de vocês, não os deixarei morrer - completava, dando mais ênfase ao início da frase.

Por fim, dispensada as apresentações, Ino dava a palavra final — Estão todos prontos? Irei entrar primeiro. Em seguida, a senhorita Kuroi e, após, vocês podem entrar. Sobre você, Minamoto, o que digo para os Elementalistas é que lancem as skills longe do grupo, para não pegar em nós e, principalmente, no tanker, além de não bloquear a nossa visão, entende? Ao mesmo tempo, há momentos em que a melhor escolha é machucar um companheiro - informava, colocando a mão no cabo de seu montante e virando-se para a dungeon — E para os Rangers?! - Koto indagava subitamente, como se fosse uma oportunidade que ele não pode perder — Para os rangers... se posicione bem e foque nas ameaças que estão mais propícias a sair do controle do tanker - dizia, sem se virar. Kota assentia com a cabeça, cerrando os punhos e mordiscando os lábios — Vamos lá - determinava.

Destarte, chegava a hora. O pulsar da mana parecia um chamado, expandindo e contraindo. O primeiro a ser "sugado" foi Ino, seguido de Kuroi. Restava apenas os três caçadores iniciantes e, assim, Kota se apressou, querendo mostrar serviço, seguido quase ao mesmo tempo de Oika e Minamoto, que estavam mais tranquilos. Uma centelha azul era tudo que conseguiam ver, como se estivessem olhando para o dia mais puro no céu, quando esta visão foi ficando translúcida e, como em um segundo plano, uma imagem foi ganhando mais vida, sobrepondo o brilho celeste.

Não há nada nesta sala. Uma sorte para os novatos. Olhem bem e analisem o ambiente. O que vocês tem a dizer? O que concluem? O que sugerem? - Ino, o avaliador, questionava. Ao redor, estavam em um ambiente cheio de musgos, com alguns cogumelos que cresciam ao redor de pequenos cristais de mana. A luminosidade não era grande, mas os cristais de manda davam uma boa visão, em auxílio à visão privilegiada dos caçadores. A sala se bifurcava em dois caminhos e um deles podia-se ver que era mais uma sala, enquanto o outro se prolongava como um corredor.

Dungeon:

First Tail - Fire & Sword 190482b793f46fb18ad31c72bc3f7a46

A entrada fica no canto superior esquerdo, que é onde vocês estão!





PP - Kota Hisui - Ranger - C:

First Tail - Fire & Sword 50ff4d0d3e290d13fcae108c0bfb7e9c

PP - Oika Koduko - Summoner - C:

First Tail - Fire & Sword 8a28d86f0c804618feb5585930617baa

PP - Senhorita Kuroi - ??:

First Tail - Fire & Sword 5fb824eef54b371cd07ebdda7ace6ee3

PP - Inoshi Akai - Tanker - B:

First Tail - Fire & Sword 7cd502214b8112bd2ff1e1fd4a6c20a9


Falas:
Kota Hisui
Oika Koduko
Inoshi
Senhorita Kuroi
Civis

Controle:


HP: 1000
MP: 10200

Ataque: 270
Defesa 270

Dano - base: 340 + 170 = 510
Passiva: 0/3








ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
300 Keks
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
First Tail - Fire & Sword Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


~ Ichibi ~

O animado Kota de outrora parecia até outra pessoa, na verdade já tinha percebido que o rapaz estava uma pilha de nervos e isso ficava cada vez mais evidente. - “Huuum.” - Pensativo levei a mão direita até o queixo, não gostava de ver pessoas naquela situação, nada de bom vinha quando fazíamos algo no desespero. - “Certo, certo, parece que temos trabalho a fazer.” - Pensei comigo mesmo enquanto ouvia o restante da apresentação - se é que podia chamar assim - de Oika e as palavras frias de Kuroi. - “Isso vai ser divertido.” - Soltei um risinho de canto, um grupo complicado para dizer o mínimo, mas que graça teria se fosse fácil?

Em meio toda aquela situação caótica ao menos o avaliador, Sr. Ino, parecia ser uma pessoa centrada e confiável, talvez fosse algo característico dos tanks? Era difícil dizer, mas o sujeito era muito bom em passar confiança, principalmente quando nos instruia de forma bem neutra sem demonstrar qualquer receio. - “Huuuum, um verdadeiro líder é aquele que inspira seus aliados.” - Cruzei os braços enquanto observava e ouvia suas dicas em silêncio, já a garota com a máscara da raposa negra fazia questão de reforçar seu descontentamento. - Kyahaha, contamos com você Srt. Kuroi. - Ri em resposta a sua provocação esboçando um sorriso debochado, Ino parecia confiante das habilidades da mulher, talvez ela fosse a fonte de toda aquela confiança em nosso sucesso?

O momento tão esperado finalmente chegava! Mas antes disto Inoshi nos passava as últimas dicas e instruções. - Vou me lembrar disso, muito obrigado. - Assenti com a cabeça algumas vezes em sequência de forma sutil. Enquanto isso Kota ainda parecia nervoso, acho que não podia culpá-lo, afinal de contas quem não ficaria daquela forma após falhar tantas vezes seguidas? - Não se preocupe Kota. - Antes de adentrar o portal caminhei em direção ao rapaz e bati a mão de leve sobre o seu ombro. - Vai dar tudo certo, passaremos neste teste, todos nós. - Mantinha a postura amigável de antes, queria poder fazer mais pelo rapaz, mas certamente palavras não bastariam, mas tudo ao seu tempo. - Se seus braços tremerem ou se sentir desconfortável, bata no próprio rosto, respire fundo e diga a si mesmo que consegue, pois eu confio em você, ninguém tentaria tanto se também não soubesse. - Um tom um pouco mais sério antes de caminhar em direção ao portal.

A sensação de atravessar um portal era… Indescritível! Senti meu coração bater mais forte e me faltou fôlego por um instante, toda aquela energia fluindo de um único ponto era fascinante, talvez fosse pela minha afinidade maior com a mana mas aquela sensação fazia-me sentir mais vivo do que nunca! - Wow, isso foi incrível! - Comentei comigo mesmo, alto o suficiente para que todos pudessem ouvir. As surpresas não terminaram por ali, pois o que existia a nossa frente não era mais o parque Akagawa, não, era algo completamente novo! - Hoo, então é assim que funciona. - Dobrei os joelhos e me aproximei mais do solo, apoiando a mão direita contra o chão.

Toda a atmosfera tinha se alterado bem como a geografia, passei as pontas dos dedos contra o solo e depois cheirei os dedos, verificando se existia odor de alguma criatura viva ainda por ali, o que poderia indicar que alguma coisa tinha passado por ali antes. Meus olhos esmeraldas percorriam com cautela todo o cenário, como se estivesse tentando mapeá-lo. - “Iluminação natural, se é que esses cristais podem ser chamados de naturais.” - O sorriso pela primeira vez dava lugar a uma expressão mais séria e analítica. - O musgo é uma característica bem comum em locais úmidos e escuros como este, os cogumelos indicam que existe vida já que geralmente nascem tendo como base fezes de morcegos e ossos de animais mortos. - Murmurei comigo mesmo, como se o pensamento estivesse saindo mais alto do que deveria, clareamento conhecimento didático do qual estava me recordando. - É difícil dizer ao certo, se estivéssemos falando do nosso mundo diria que estamos no local perfeito para encontrar coisas como aranhas, morcegos, ácaros, crustáceos e insetos, como temos cogumelos provavelmente devem existir animais pequenos, já que geralmente surgem das fezes e ossos de animais mortos, assim como o musgo indica que a umidade é ideal para o surgimento de animais peçonhentos que se alimentam de presas menores capazes de sobreviver do fungo. - Mais conhecimento didático, que poderia ou não ser útil.

Feito a análise prévia do ambiente me levantei retomando minha postura ereta. - Uma bifurcação? - Olhei de um lado para o outro sem demonstrar muita pretensão. - Um lado parece uma sala fechada e outra um corredor, não sou tão experiente para dizer, mas se formos pelo lado que parece um salão aberto nossas costas vão ficar exposta para ataque pela retaguarda, mas se ignorarmos e existirem inimigo ali talvez ocorra a mesma coisa se formos pelo corredor. - Tentava notar alguma dica da existência de alguma criatura, como rastros, um possível desgaste no chão ou paredes que pudessem indicar uma rota usada com frequência. - No fim eu diria que o melhor é explorar a sala primeiro, se a limparmos podemos avançar pelo corredor sem nos preocuparmos com uma emboscada pelas costas em uma região mais estreita que nos colocaria na desvantagem, ao menos a sala nos daria mais espaço para agir. - Uma análise amadora feita tendo como base o conhecimento didático limitado, mas sem mais informações era o melhor que podia oferecer por hora. - Disse muita besteira, Ino-San? - Me virei para o caçador com um sorriso bobo no rosto.

Deixaria que a palavra final fosse do avaliador, aquele momento iria servir para ver o quanto a realidade se diferia da teoria e o quanto nosso mundo se diferenciava daquele escuro e úmido. - Oika cuide das costas, Kota observe o ambiente com atenção, você é um atirador e deve ser capaz de perceber mais detalhes do que eu. - Comentaria com a dupla antes de seguir atrás do líder caso não fosse lhes designado nenhuma tarefa. - Certo, então vamos causar algum estrago! - Comentava animado, abrindo os braços e esboçando um largo sorriso confiante no rosto. Seguiria pelo caminho que o avaliador decidisse, mantendo uma distância segura e observando as redondezas, tentando encontrar possíveis bifurcações, depressões e sinais que fugiram da análise inicial. Se percebesse algum inimigo avançando em nossa direção, abriria a palma da mão criando uma bola de fogo pequena e atirando em sua direção, isso antes que o mesmo se aproximasse muito do restante do grupo, um golpe inicial para ter ideia do estrago que minhas magias poderiam causar em monstros reais. Tentaria me manter bem posicionado, atento a retaguarda mas sem tirar os olhos da linha de frente, atacando com explosões de fogo concentradas para não ferir outros aliados no processo.

Histórico:
Post: 04
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: Kota Hisui, Oika Koduko, Inoshi Akai, Kuroi.
Localização: Portal rank C - Parque Akagawa.
Extra: N/A
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword SigngGrande

Narração
 


Logo ao entrar na dungeon, o primeiro ato de Minamoto foi analisar o solo. Ao passar o dedo na terra, pôde perceber que não passava de uma fina camada e que logo abaixo havia rocha e, em alguns locais, onde o Sr. Ino havia passado, isso já estava visível. Sua sagacidade lhe rendia resultados e havia, de fato, um odor diferente na terra. Não era o cheiro normal que poderia encontrar no mundo real, era algo diferente e que não havia sentido antes, mas assemelhava-se a uma mistura de mar e lodo; algo salgado e pútrido.

Após, Hayato dissertava sobre sua análise, o que fez o Sr. Ino virar-se — Não, nenhuma besteira. E é o que faremos - determinava, a respeito da escolha dos caminhos — Quanto as criaturas que aqui habitam... a lógica do mundo real não pode ser trazia pra cá. Não por completo, mas é um bom começo. Minha experiência diz que encontraremos monstros com fraqueza elemental de fogo - olhava nos olhos do Elementalista — E você saberá o que fazer - dizia. Sim, as informações haviam sido transmitidas digitalmente para ele.

Enquanto isso, Kota ainda estava nervoso, mas havia se acalmado mais, após a intervenção de Hayato — Obrigado por antes - dava um tapinha em ambos os lados do rosto, ao se aproximar e ficar ao seu lado — A sala aberta certamente é o melhor local para um atirador. Um corredor fechado pode parecer tentador, mas a linha de visão ficará obstruída a maior parte do tempo, enquanto a outra sala parece aberta, mas ainda limitada, um bom local para limpar os monstros rapidamente - o jovem acrescentava, engolindo em seco e olhando para Minamoto, após falar, como se esperasse ver sua reação à sua análise — De fato, já tive problemas assim - Inoi concordava, fazendo Koto cerra o punho e conter a animação, segurando um sorriso de canto de boca.

O summmoner Oika não parecia ter nada a falar e sequer havia chamado a sua invocação ainda, apenas olhando para a sala com um olhar vago. Mesmo com o Sr. Ino olhando para ele, esperando uma resposta, apenas obteve silêncio, até dar de costas e continuar, em direção ao caminho escolhido — Em frente - lentamente puxou o seu montante, produzindo o som de metal raspando o couro, mantendo a grande arma empunhada para frente, sem dificuldades — Vejo que ainda está em forma, rsrs - Kuroi observava, dando uma leve risadinha — Como se isso fosse alguma coisa... mas sim, estou bem, aquela cirurgia me devastou, mas me recuperei rápido - conversavam casualmente, enquanto andavam — Então não precisará de mim - dizia — Sempre precisarei, mas priorize não deixar que nada ocorra com os novatos - ordenava. O clima não parecia muito pesado, para uma dungeon - talvez essa fosse a confiança de um caçador de rank B.

Assim, enquanto estavam indo para a sala aberta, começaram a escutar o som de diversos passos, constantes, como se fossem dezenas deles — Devagar. Se preparem - Ino advertia, colocando seu montante em uma posição defensiva. Assim que romperam o limiar da sala, se depararam com quatro criaturas que se assemelhavam a caranguejos, com uma carapaça que lembrava um caramujo, nas costas. Quando os monstros viram os humanos, começaram a correr freneticamente de um lado para o outro, desgovernadamente — Abram fogo! ROAR! - Ino gritou, fazendo sua espada brilhar em carmesim e atraindo as criaturas para si, as quais eram bastante velozes e abriam e fechavam as suas pinças com bastante força — Irei segurá-los, o resto é com vocês - instruía, pronto para amparar os primeiro ataques.

Neste momento, Minamoto sentiu uma enorme quantidade de mana se deslocar ao seu lado. Era Oika que invocava o seu summon. A mana que o circundava era escura e formava uma sombra semelhante a um lobo, mas que ao se locomover, perdia a sua forma, como se fosse feito de fumaça — Mate todos os monstros - ordenava; após o feito, Oika parecia emanar outra atmosfera - e ela não era nada agradável. Concomitantemente, Kota começava a canalizar magia ao seu redor, correndo para o flanco de Ino. A Senhorita Kuroi permanecia atrás, ao lado de Hayato — E você? Vai ficar olhando? - provocava.


Dungeon:

First Tail - Fire & Sword 190482b793f46fb18ad31c72bc3f7a46

A entrada fica no canto superior esquerdo. Vocês estão na primeira sala à direita da imagem

PP - Monstro:

First Tail - Fire & Sword 9014895849e8d5dbca146269a6a2ce74



PP - Kota Hisui - Ranger - C:

First Tail - Fire & Sword AinStory

PP - Oika Koduko - Summoner - C:

First Tail - Fire & Sword 8a28d86f0c804618feb5585930617baa

First Tail - Fire & Sword 500bafc480d209b2149fc5cf57ed6e9b

PP - Senhorita Kuroi - ??:

First Tail - Fire & Sword 5fb824eef54b371cd07ebdda7ace6ee3

PP - Inoshi Akai - Tanker - B:

First Tail - Fire & Sword 7cd502214b8112bd2ff1e1fd4a6c20a9


Falas:
Kota Hisui
Oika Koduko
Inoshi
Senhorita Kuroi
Civis

Controle:


HP: 1000
MP: 10200

Ataque: 270
Defesa 270

Dano - base: 340 + 170 = 510
Passiva: 0/3








ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
300 Keks
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
First Tail - Fire & Sword Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


~ Ichibi ~

A resposta de Ino quanto a minha análise levantava alguns questionamentos, como ele poderia saber que tipo de criatura estariam por ali apenas observando o ambiente? Existia algum padrão ou algo havia lhe chamado a atenção? - “Um mero chute ou ele percebeu alguma coisa?” - Pensativo cocei o queixo. - Sim, senhor. - Respondi esboçando um leve sorriso e simulando uma continência totalmente desengonçada. Kota também estava centrado dessa vez, o rapaz não parecia tão técnico mas mesmo que já tivesse falhado antes aparentemente havia aprendido algo mesmo com esses eventos. - Entendo, realmente faz sentido, como esperado do nosso atirador. - Concordei meneando a cabeça de forma positiva algumas vezes.

A caminhada pela caverna finalmente tinha inicio! Oika se manteve em silêncio desde o momento em que entramos, não parecia por conta de nervosismo como Kota, na verdade o rapaz só parecia bem indiferente quanto a tudo a sua volta. - “Me pergunto o motivo de alguém como ele querer se tornar um caçador.” - Refletia comigo mesmo olhando discretamente para o sujeito, era difícil saber o que se passava em sua cabeça. Enfim, durante a caminhada o rapaz caladão não foi a única coisa que me intrigou, na verdade o que mais chamou a atenção foi a conversa entre os veteranos. - “Uma cirurgia? Será que algo deu errado em algum portal no passado?” - Era difícil de imaginar uma pessoa tão confiante como ele ter sido vítima de uma catástrofe, o que poderia ter causado tantos problemas a um tank de rank B? Bem, talvez não fosse da minha conta... Ainda não.

Não demorou muito para que chegássemos na sala fechada, que para nossa felicidade - ou não - os monstros estavam realmente ali! - Hoooo. - Arregalei os olhos e senti meu corpo estremecer por um momento, então aquilo era um monstro de verdade?! - “É realmente diferente...” - Um sorriso torto se formou no canto dos lábios, mesmo que já tivesse estudado monstros no passado e tivesse ideia do que me esperava, era impossível esconder o choque de me encontrar cara-a-cara com um de verdade. - “Certo, certo não é hora de ser amador, Minamoto.” - Pensei comigo mesmo respirando fundo e fechando os punhos com firmeza. Enquanto tentava me recompor o restante do grupo não perdia tempo, o primeiro a agir era o até então reservado invocador, que mesmo sendo de rank C era capaz de manifestar uma aura bem intimidadora, até mesmo assustadora. - Uma besta? - Murmurei comigo mesmo ao observar a criatura. - “Não apenas isso… Um elemental ou uma besta disforme?” - Olhei com curiosidade, admirado e ao mesmo tempo assustado, os invocadores não deixavam de ser um tipo de mago, mas sua magia era… Diferente, dizer que era sombria nem chegava perto do que realmente deveria.

O grupo de desajustado de outrora mudava completamente, até mesmo Kota estava bem determinado em sua função, o que era um bom começo. - “Acho que nem todos são realmente como aparentam.” - Dei um riso sem graça, mas foi então que a curandeira do grupo, a garota com a máscara negra também entrou em cena, mas de uma forma diferente da dos demais. - Não seria má ideia, afinal de contas esses caras devem ser mais que o bastante, Kyshishi. - Dei de ombros esboçando um sorriso brincalhão. - Mas não se preocupe, my lady, um mago sempre age no momento correto, nunca antes e nem depois. - Mesmo dizendo isso a mulher estava certa, era hora de testar meus poderes em algo vivo.

A mana que naturalmente fluía pelo meu corpo se intensificou, manifestando-se de forma mais intensa enquanto dava alguns passos para o lado tentando buscar um ângulo melhor para atingir a criatura e não ferir Ino ou a criatura invocada pelo summoner. - “Vamos começar com um simples teste de força.” - Estiquei o braço direito na direção da criatura. - Queime. - A atmosfera em volta do meu braço se aqueceu e então próximo a palma da mão uma bola de fogo de tamanho moderado foi disparada visando o rosto do monstro-siri mais afastado, seria um bom estudo de como as criaturas reagiriam ao fogo. Se o golpe não fosse o suficiente para derrubá-la ergueria o braço esquerdo de forma abrupta e atiraria outra magia, dessa vez uma labareda com maior poder de fogo concentrado. Se mesmo assim não fosse o suficiente utilizaria desta vez as duas mãos, apontando ambas na direção da criatura e disparando com maior intensidade uma labareda espiral. Os ataques seriam inicialmente direcionados a um único alvo, mas se este caísse antes de concluí-los, direcionaria os remanescentes para os que ainda não tivessem sido abatidos pelos demais caçadores.

Mesmo que o tank estivesse cuidando da parte da frente, tomaria cuidado com as redondezas, se porventura algum monstro furasse o bloqueio ou surgisse um novo inimigo, alertaria aos demais com um grito e tentaria evitar um possível ataque vindo do novo intruso, sequencialmente tentaria contra-atacar disparando outra bola de fogo em sua direção. Por fim restaria apenas observar os resultados de nossos ataques, aquela seria minha primeira experiência real contra monstros, o qual devastador magias e criaturas sobrenaturais eram na prática?

Histórico:
Post: 05
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: Kota Hisui, Oika Koduko, Inoshi Akai, Kuroi.
Localização: Portal rank C - Parque Akagawa.
Extra: N/A
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword SigngGrande

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


SLRPG :: MUNDO :: JAPÃO

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)