LFBR

First Tail - Fire & Sword

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

em 16/7/2020, 20:37
Relembrando a primeira mensagem :





Aventura

Aqui ocorrerá a aventura do Caçador Minamoto Hayato, a qual não possui narrador definido.

ADM.Sky
ADM.Sky
G$ 1,000

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Rank B


_________________
First Tail - Fire & Sword - Página 2 00ho70d  First Tail - Fire & Sword - Página 2 1iVyzP5  First Tail - Fire & Sword - Página 2 VCrRNtn


First Tail - Fire & Sword - Página 2 G32siSE


~ Ichibi ~

A resposta de Ino quanto a minha análise levantava alguns questionamentos, como ele poderia saber que tipo de criatura estariam por ali apenas observando o ambiente? Existia algum padrão ou algo havia lhe chamado a atenção? - “Um mero chute ou ele percebeu alguma coisa?” - Pensativo cocei o queixo. - Sim, senhor. - Respondi esboçando um leve sorriso e simulando uma continência totalmente desengonçada. Kota também estava centrado dessa vez, o rapaz não parecia tão técnico mas mesmo que já tivesse falhado antes aparentemente havia aprendido algo mesmo com esses eventos. - Entendo, realmente faz sentido, como esperado do nosso atirador. - Concordei meneando a cabeça de forma positiva algumas vezes.

A caminhada pela caverna finalmente tinha inicio! Oika se manteve em silêncio desde o momento em que entramos, não parecia por conta de nervosismo como Kota, na verdade o rapaz só parecia bem indiferente quanto a tudo a sua volta. - “Me pergunto o motivo de alguém como ele querer se tornar um caçador.” - Refletia comigo mesmo olhando discretamente para o sujeito, era difícil saber o que se passava em sua cabeça. Enfim, durante a caminhada o rapaz caladão não foi a única coisa que me intrigou, na verdade o que mais chamou a atenção foi a conversa entre os veteranos. - “Uma cirurgia? Será que algo deu errado em algum portal no passado?” - Era difícil de imaginar uma pessoa tão confiante como ele ter sido vítima de uma catástrofe, o que poderia ter causado tantos problemas a um tank de rank B? Bem, talvez não fosse da minha conta... Ainda não.

Não demorou muito para que chegássemos na sala fechada, que para nossa felicidade - ou não - os monstros estavam realmente ali! - Hoooo. - Arregalei os olhos e senti meu corpo estremecer por um momento, então aquilo era um monstro de verdade?! - “É realmente diferente...” - Um sorriso torto se formou no canto dos lábios, mesmo que já tivesse estudado monstros no passado e tivesse ideia do que me esperava, era impossível esconder o choque de me encontrar cara-a-cara com um de verdade. - “Certo, certo não é hora de ser amador, Minamoto.” - Pensei comigo mesmo respirando fundo e fechando os punhos com firmeza. Enquanto tentava me recompor o restante do grupo não perdia tempo, o primeiro a agir era o até então reservado invocador, que mesmo sendo de rank C era capaz de manifestar uma aura bem intimidadora, até mesmo assustadora. - Uma besta? - Murmurei comigo mesmo ao observar a criatura. - “Não apenas isso… Um elemental ou uma besta disforme?” - Olhei com curiosidade, admirado e ao mesmo tempo assustado, os invocadores não deixavam de ser um tipo de mago, mas sua magia era… Diferente, dizer que era sombria nem chegava perto do que realmente deveria.

O grupo de desajustado de outrora mudava completamente, até mesmo Kota estava bem determinado em sua função, o que era um bom começo. - “Acho que nem todos são realmente como aparentam.” - Dei um riso sem graça, mas foi então que a curandeira do grupo, a garota com a máscara negra também entrou em cena, mas de uma forma diferente da dos demais. - Não seria má ideia, afinal de contas esses caras devem ser mais que o bastante, Kyshishi. - Dei de ombros esboçando um sorriso brincalhão. - Mas não se preocupe, my lady, um mago sempre age no momento correto, nunca antes e nem depois. - Mesmo dizendo isso a mulher estava certa, era hora de testar meus poderes em algo vivo.

A mana que naturalmente fluía pelo meu corpo se intensificou, manifestando-se de forma mais intensa enquanto dava alguns passos para o lado tentando buscar um ângulo melhor para atingir a criatura e não ferir Ino ou a criatura invocada pelo summoner. - “Vamos começar com um simples teste de força.” - Estiquei o braço direito na direção da criatura. - Queime. - A atmosfera em volta do meu braço se aqueceu e então próximo a palma da mão uma bola de fogo de tamanho moderado foi disparada visando o rosto do monstro-siri mais afastado, seria um bom estudo de como as criaturas reagiriam ao fogo. Se o golpe não fosse o suficiente para derrubá-la ergueria o braço esquerdo de forma abrupta e atiraria outra magia, dessa vez uma labareda com maior poder de fogo concentrado. Se mesmo assim não fosse o suficiente utilizaria desta vez as duas mãos, apontando ambas na direção da criatura e disparando com maior intensidade uma labareda espiral. Os ataques seriam inicialmente direcionados a um único alvo, mas se este caísse antes de concluí-los, direcionaria os remanescentes para os que ainda não tivessem sido abatidos pelos demais caçadores.

Mesmo que o tank estivesse cuidando da parte da frente, tomaria cuidado com as redondezas, se porventura algum monstro furasse o bloqueio ou surgisse um novo inimigo, alertaria aos demais com um grito e tentaria evitar um possível ataque vindo do novo intruso, sequencialmente tentaria contra-atacar disparando outra bola de fogo em sua direção. Por fim restaria apenas observar os resultados de nossos ataques, aquela seria minha primeira experiência real contra monstros, o qual devastador magias e criaturas sobrenaturais eram na prática?

Histórico:
Post: 05
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: Kota Hisui, Oika Koduko, Inoshi Akai, Kuroi.
Localização: Portal rank C - Parque Akagawa.
Extra: N/A

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

Narração
 


Com o rápido avanço das criaturas, Minamoto também tomava a sua ação, não querendo ficar atrás em protagonismo. A mana fluía ao redor do seu corpo como pequenos rios e veios, os quais desaguavam em seu braço, concentrando-se e, aos poucos, passando de um cintilante azul para um tom rubro, cada vez quente - o que podia sentir, ainda que não o machucasse - e semelhante ao fogo. Essa energia era canalizada na palma de sua mão, formando uma pequena esfera flamejante, a qual adejava no ar. "Swoosh" - o projétil de fogo passava ao lado e por cima do ombro de Inoshi, calculadamente, atingindo a criatura retardatária entre as quatro.

A bola de fogo explodiu no rosto da criatura, fazendo o fogo se espalhar como se um balão d'água acertasse o rosto de seu coleguinha. A criatura abriu as mandíbulas em demasia, revelando pequenos dentes afiados, mas sem produzir nenhum som. Não era como se o golpe não tivesse surtido efeito, pois o monstro atingido batia as suas patas agoniadamente no chão, andando de um lado para o outro, até retomar o seu curso, junto aos demais. Para seu azar, já estava atrasado e isolado das outras três criaturas, as quais era bloqueadas por Ino, o Tanker.

Enquanto isso, o montante de Ino dava conta de bloquear a passagem de todos as aberrações caranguejisticas, ao ser posicionado lateralmente. Hayato podia ver as pinças das criaturas tentarem romper o bloqueio defensivo, abrindo e fechando violentamente, visando a cabeça do Tanker. Seria difícil dizer que, visualizando uma cena assim, ele poderia sair intacto se aquelas pinças o pegassem. Uma das criaturas, no entanto, pinçava a arma do líder, entrando em um intenso cabo de guerra. Era uma situação que exigia bastante esforço e atenção, apesar da situação controlada. Esta era a vida de um Tanker, qualquer erro colocaria toda a posição a ruir!

First Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_Crab
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_CrabFirst Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_CrabFirst Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_Crab

Continuem atacando! - Ino instruia. Logo após, Minamoto presenciava a força da invocação de Oika, a qual passava pelo Tanker como um vulto e rapidamente expandia como se fosse um balão, envolvendo um dos monstros, o qual começou a agonizar e deixou de atacar, correndo descontroladamente, batendo em parede e indo para uma direção completamente oposta. Com isso, o lado esquerdo estava aberto para a passagem dos caçadores - ou para que Kota se posicionava-se, o que imediatamente o fez. Talvez surpreender o Elementalista, pois a arma do rapaz era um pingente; na verdade, dois pingentes. Um estava em sua mão, girando sem parar, e atirando pequenos projéteis amarelos em um dos caranguejos, enquanto outro voava ao seu redor, disparando mísseis verdes, no mesmo alvo.

De volta ao foco, Hayato voltava a canalizar mana na palma de suas mãos, não satisfeito com o resultado inicial de seus ataques. Não tardou para que lançasse uma labareda de fogo em direção à criatura que havia acertado há pouco, até que esta se virou, fazendo os golpes acertarem a concha em suas costas. Quando fez isso, os ataques pareceram não surtir muito efeito, diferentemente de quando atingira diretamente o corpo. A criatura não havia caído e logo voltava a avançar contra o grupo, quando foi recebida com uma espiral de fogo. Ao ser atingida, continuo correndo em frente, até que suas patas cederam e seu corpo caiu no chão.

Ao longe, mais sons de patas pareciam vir da próxima sala, como se mais um grupo desses monstros estivesse vindo na direção dos caçadores — Nada mal, raposinha, mas isso não é o suficiente - a Senhorita Kuroi gracejava, empunhando um leque e cobrindo parte de seu rosto, deixando exposta a máscara de uma Raposa Preta. Algo dizia a Minamoto que ela não estava falando das criaturas. Ao seu lado, o Elementalista escutava o que parecia ser uma baixa risadinha sórdida, vinda do Invocador. Sim, até agora, Kuroi só havia observado, enquanto Ino apenas se limitava a segurar as criaturas.


Dungeon:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 190482b793f46fb18ad31c72bc3f7a46

A entrada fica no canto superior esquerdo. Vocês estão na primeira sala à direita da imagem e as criaturas estão vindo da sala seguinte, não por trás de vocês!

PP - Monstro:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 9014895849e8d5dbca146269a6a2ce74



PP - Kota Hisui - Ranger - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 AinStory

PP - Oika Koduko - Summoner - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 8a28d86f0c804618feb5585930617baa

First Tail - Fire & Sword - Página 2 500bafc480d209b2149fc5cf57ed6e9b

PP - Senhorita Kuroi - ??:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 5fb824eef54b371cd07ebdda7ace6ee3

PP - Inoshi Akai - Tanker - B:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 7cd502214b8112bd2ff1e1fd4a6c20a9


Falas:
Kota Hisui
Oika Koduko
Inoshi
Senhorita Kuroi
Civis

Controle:


HP: 1000
MP: 10200

Ataque: 270
Defesa 270

Dano - base: 340 + 170 = 510
Passiva: 0/3



Vou sempre atualizando o comentário dentro do spoiler da dungeon!




ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
300 Keks
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


~ Ichibi ~

Um ataque certeiro! Meu primeiro ataque a uma criatura real era um sucesso, chegava a ser difícil esconder a animação em meu rosto, mas esse momento de entusiasmo durou pouco já que o golpe apesar de se mostrar efetivo, estava longe de ser o suficiente. - "Ele realmente sentiu isso, mas… Não sei dizer se esse realmente era o resultado que esperava." - A falta de experiência me deixava um pouco inquieto quanto ao real dano que a criatura havia levado, será que a força foi i suficiente? O fato do monstro ainda estar de pé parecia responder essa questão.

Já o restante do grupo agia da sua própria maneira, Ino-san apresentava certa dificuldade para se manter firme em frente a tantos inimigos ao mesmo tempo, quer dizer, por mais que dissesse isso o mesmo sequer recebeu um golpe, o trabalho de um tank era realmente de um nível totalmente diferente. Já o garoto com tendências a psicopatia parecia se divertir enquanto sua criatura atacava de uma forma bem peculiar. - "Aquele lobo me da calafrios." - De todas as criaturas a mais assustadora era a que teoricamente deveria estar ao nosso lado, as magias diziam muito sobre seu portador e a de Oika revelava algo bem… Preocupante eu diria. - "Algo me diz que vou precisar ficar de olho em você." - Olhei discretamente na direção do invocador, sem demonstrar qualquer emoção ou intenção.

Independente do temperamento estranho do outro mago, o combate prosseguiu, Kota também utilizava uma forma bem peculiar de atacar. - "Acho que chamar um atirador de um tipo de mago também não seria tão errado." - Pensei comigo mesmo esboçando um leve sorriso. Mas voltando ao meu próprio problema… O monstro-siri se portava de forma mais inteligente do que o esperado, ou talvez fosse apenas instinto? Seja lá o que for, a criatura tinha conseguido bloquear meu ataque com seu casco extremamente resistente, seu corpo apresentava um nível de resistência bem impressionante, o que poderia ser um problema e talvez uma vantagem se conseguisse encontrar o ponto fraco em sua defesa.

De qualquer forma mesmo com certa dificuldade o primeiro monstro foi abatido! Um misto de orgulho e incerteza inundou o meu peito. - "O primeiro de muitos! Mas… Foi mais difícil do que esperava." - A realidade era sempre dura, o fato é que aquele era tudo o que meu poder poderia fazer, derrotar monstros de um portal rank C com certa dificuldade. Nesse momento a curandeira do grupo se manifestou, provocativa como sempre. - Não seria divertido se tivesse sido, não é mesmo? Kyshishi. - Respondi em alta astral! Sua provocação acabava me motivando, aquilo era tudo que eu podia fazer? Ha! Mas estava longe de ser verdade.  

As palavras de Kuroi tinham feito mais do que me motivar, tinham na verdade me lembrado do real motivo de estar ali: um teste! Inoshi podia estar demonstrando dificuldade, mas só porque até então estava se limitando a segurar os monstros sem sequer precisar do apoio do suporte do grupo. - "Eles estão se segurando de proposito?" - Olhares de julgamento… Ah eu sabia muito bem como era essa sensação e ela sempre me irritava! - "Eu estava guardando isso pra um momento mais apropriado, mas se eu me segurar demais pode não existir um depois." - Respirei fundo e levei a mão direita até a cabeça, apanhando a máscara da Kitsune. - Kota, vamos atacar juntos, Oika use sua invocação para ajudar Sr. Ino, parece que teremos mais companhia em breve. - O som que ecoava ao longe indicava que as coisas começariam a  icar mais agitadas dali pra frente.

- Zenko-Tsuki… - A máscara que outrora repousava sobre a cabeça agora era posta em frente ao meu rosto, a mana quente das chamas lentamente eram sobrepujadas por um calor diferente, uma energia brilhante e reluzente. - Gobi no Kitsune! - As chamas então davam lugar a eletricidade! Figuras no formato de cinco caudas surgiam, feitas de pura energia, bem como cinco Hoshi no Tama. - Vamos tentar algo diferente. - A eletricidade fluía por todo meu corpo, os cabelos brancos pareciam reluzir na escuridão da caverna bem como o brilho dos olhos que escapavam pelas aberturas da máscara.

First Tail - Fire & Sword - Página 2 01TMI5t

O poder do raio e das chamas agora estavam em sintonia, aquelas criaturas pareciam bem resistentes mas como lidariam com um ataque com um poder de perfuração maior? Dei alguns passos para o lado tentando ficar na lateral dos monstros, um ângulo que me permitiria ver o corredor também. Nesse momento apontaria em sua direção e duas das orbs de eletricidade que teriam seu brilho intensificado, logo em seguida uma rajada concentrada de eletricidade seria disparada, visando atingir o casco das costas das duas criaturas, o raio teria sua força bem concentrado para aumentar o poder de penetração, o objetivo de tal de tal movimento era tentar quebrar suas defesas, pois existia a possibilidade do ponto fraco estar bem abaixo do seu mais forte.

O ataque de eletricidade não seria o único, logo após o primeiro movimento apontaria na direção das criatura com a palma da mão aberta, lançando outra espiral de fogo com as chamas controladas para que queimasse apenas o monstro-siri e não se espalhasse para cima do tank. Se as criaturas ainda continuassem de pé efetuaria mais um ataque, dessa vez lançando uma rajada continua de fogo pelo punho esquerdo ao mesmo tempo em que uma das orbes de eletricidade também lançaria um ataque, esse ataque seria se misturaria às chamas e a circulariam como uma espiral. Se isso fosse o suficiente para derrubar os monstros, daria a volta na sala para me posicionar mais ao fundo, já que mais pareciam estar vindo pela passagem. - Se preparem para uma segunda onda! - Diria enquanto me posicionava e mirava na direção da entrada. Também ficaria atento ao terreno para ver se estava tudo certo ou se alguma irregularidade poderia comprometer nossa segurança, se percebesse algo avisaria aos demais ao mesmo tempo em que tentava me manter seguro me inclinando ou saltando para um local mais seguro.

Zenko-Tsuki - Gobi no Kitsune:
Nome da Skill: Zenko-Tsuki - Gobi no Kitsune  (Possessão da Raposa Bondosa - Raposa de Cinco Caudas)
Tipo: Buff (50 PP’s)
Rank / Valor: B (30 PP’s) / + 180 de INT
Alvo: Pessoal (0 PP’s)
Distância: N/A
Efeito: Buff em Inteligência | Afinidade com Trovão: Fabuloso (0 PP´s)
Condição: O buff geralmente é ativado quando o usuário coloca a máscara de Kitsune sobre o rosto, contudo ainda é possível ativá-la sem a máscara mesmo que o usuário se sinta desconfortável com isso (0 PP´s)
PP's 80
Consumo: 400
Descrição:Utilizando da sua afinidade natural com o elemento trovão, raios amarelos começam a rodeador o mago, próximo ao seu cóccix figuras similares a caudas começam a se formar e se estendem até um pouco acima de sua cabeça, formando um total de cinco.
Além das caudas os raios se concentram em cinco Hoshi no Tama (esferas com cerca de 15 centímetros de diâmetro) que reluzem na coloração branca com detalhes dourados, essas esferas permitem ao mago disparar ataques de eletricidade mais poderosos e concentrados do que o normal através das esferas que flutuam ao seu redor (não vão mais longe do que a extensão de seus braços).
Durante a habilidade algumas fagulhas de raio percorrem discretamente o seu corpo, surgindo e desaparecendo, a maior concentração geralmente está em seus olhos que eventualmente parecem brilhar com a eletricidade, seus cabelos nas partes laterais superiores são eletrificados e assumem o formato de duas orelhas de raposa.

Histórico:
Post: 06
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: Kota Hisui, Oika Koduko, Inoshi Akai, Kuroi.
Localização: Portal rank C - Parque Akagawa.
Extra: N/A
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword - Página 2 SigngGrande

Narração
 


A alegria e satisfação de derrotar o seu primeiro monstro! O caranguejo encontrava-se carbonizado no chão e Minamoto, olhando para o seu primeiro sucesso, com mais calma, lembrava-se de já ter visto uma criatura semelhante àquela. Com certeza era uma variação de um monstro catalogado: "Blood Crab", o Caranguejo Sanguinário. Entretanto, não recordava-se que eles possuíam uma concha nas costas. Quem sabe não publicasse um artigo sobre esta nova espécie!

Somado isso, as provações de Kuroi pareciam levar Hayato a ôto patamar, motivando-o ainda mais. A energia ao redor do Elementalista fluía em abundância, fazendo a Raposa Preta afastar um pouco o leque e revelar um dos olhos, a fim de vislumbrar a transformação. Uma, duas, três, cinco caudas surgiam ao redor de Minamoto! A energia elétrica ao seu redor produzia faíscas, como se fosse um personagem de Dragon Ball; na verdade, seus cabelos flutuavam violentamente, como se fosse um verdadeiro Sayajin! Mas apenas por um momento, pois logo a energia se estabilizava, concentrando-se nas laterais e tornando-o um Furry!

First Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_CrabFirst Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_Crab

As esferas Hoshi no Tama surgiam ao seu redor, criando uma visão digna de soltar um — Oh! - de Kuroi. Com aquilo, com certeza tinha ganho alguns pontos com ela, sabe-se lá para quê. "Zhiiiiiiiiiiizhs! - duas das esferas brilharam ainda mais, soltando dois violento raios na direção das criaturas. Os raios seguiam uma trajetória disforme, mas tinham alvo certo, colidindo com o casco dos caranguejos e explodindo-os em pedaços! E, com isso, todos escutavam um som gutural. Dos cascos quebrados, parecia ter uma espécie de lesma, a qual ao morrer, fez um caranguejo cair como uma marionete.

Diferentemente de antes, Hayato não fazia ideia de que criatura era aquela, mas com certeza era do tipo parasita, que controlava o corpo de outros monstros e se conectava aos seus sistemas nervosos. Sua sagacidade havia lhe recompensado. Kota gostaria de seguir o exemplo, mas não havia restado mais nenhuma criatura — Se entendi o que vi, a primeira criatura morreu ao superaquecer lá dentro? - Ino questionava, o que faria sentido, considerando que tinha sido envolta em um vórtex de fogo — Parecem criaturas bem sensíveis, não a toa se protegem tão bem. Cutuque onde mais protegem, que com certeza há algo lá, é o que dizem - balançava a cabeça, em aprovação — Isso poupará bastante trabalho - dizia, quando a outra leva de criaturas chegava.

Só mais um pouco! - Oika deixava sair, enquanto a sua criatura ainda torturava o outro caranguejo. Só após o novo grupo surgir que ele ordenou — Finalize - e a sombra deixou o monstro, fazendo-o cair no chão, em um baque que pareceu impactar o grupo de forma completamente diferente de Minamoto. Algumas trocas de olhares aconteceram, principalmente entre Kota e Minamoto, até que mais três caranguejos surgiram. Com os outros roubando a cena, Kota imediatamente rompeu a formação, correndo na frente de Ino. Queria se provar e não ficar para trás! — Tomem isso! - disparou os seus mísseis mágicos, correndo pela parede da sala. O problema era que ainda não tinha um bom ângulo para acertar onde queria, pois o que intentava era quebrar as carapaças, feito Hayato.

Só após correr metade da sala, que conseguiu um bom ângulo e, juntando os dois pingentes, os quais formaram uma espécie de artefato, com um cristal no centro, disparou um enorme feixe de energia contra o casco de um dos monstros, que se quebrou, fazendo o mesmo som gutural, seguido do peso morto caindo no chão. O problema? Kota arfava, contra a parede, com as outras duas ágeis criaturas já tendo avançado contra ele, bloqueando suas rotas de fugas. A expressão do rapaz foi das piores, com a cara pálida, quando viu as perigosas pinças estralarem em sua direção. Só então compreendeu a besteira que havia feito — MOVAM-SE! KUROI! - Ino pisou fundo, dashando na direção do rapaz; não era o mais ágil, no entanto, apesar de ser Rank B. Um pensamento rápido e ação rápida! Era tudo que um companheiro precisava!

Dungeon:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 190482b793f46fb18ad31c72bc3f7a46

A entrada fica no canto superior esquerdo. Vocês estão na primeira sala à direita da imagem. Vocês ainda não sabem o que há na outra sala, apesar das criaturas virem de lá!

PP - Monstro:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 9014895849e8d5dbca146269a6a2ce74

PP - Kota Hisui - Ranger - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 AinStory

PP - Oika Koduko - Summoner - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 8a28d86f0c804618feb5585930617baa

First Tail - Fire & Sword - Página 2 500bafc480d209b2149fc5cf57ed6e9b

PP - Senhorita Kuroi - ??:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 5fb824eef54b371cd07ebdda7ace6ee3

PP - Inoshi Akai - Tanker - B:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 7cd502214b8112bd2ff1e1fd4a6c20a9


Falas:
Kota Hisui
Oika Koduko
Inoshi
Senhorita Kuroi
Civis

Controle:


HP: 1000
MP: 10200

Ataque: 270
Defesa 270

Dano - base: 340 + 170 ou 260 (P.A - normal e buff) + 180 (Buff) = 780
Passiva: 0/3



Vou sempre atualizando o comentário dentro do spoiler da dungeon!




ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
300 Keks
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


~ Ichibi ~

As chamas tinham se mostrado eficiente, mas o poder de penetração da eletricidade se mostrava ainda mais! Mas claro, isso porque tinha conseguido um ataque certeiro onde precisava. - "Uhn?" - Arregalei os olhos um pouco surpreso e curioso com o resultado, o que eram aquelas coisas nas costas das criaturas? Anomalia que não eram descritas em nenhum catálogo que li no passado. - "Então mesmo monstros conhecidos possuem variações?" - Talvez fosse verdade, mas aquele parecia mais do que isso, era como se todos os Blood Crabs tivessem sido dominados por parasitas. - "É quase como se tivessem sido emboscados e dominados por essas criaturas." - O mundo além dos portais ainda era um mistério sem solução, mas e se aqueles eventos não fossem tão aleatórios, seria possível que ele estivesse sendo alterado por seus próprios conflitos? - "Interessante, mas preocupante."

O comentário seguinte de Ino me fez perceber algo sobre o que realmente poderia estar acontecendo ali. - Entendo, isso explica o motivo da criatura ter demonstrado desconforto com o primeiro ataque mesmo sem liberar som algum. - Levei uma das mãos até o queixo. - Será que os siris já estão mortos? - Murmurei comigo mesmo, aquelas coisas pareciam sensíveis mas poderosas já que tiveram a capacidade de dominar um monstro muitas vezes maior do que elas. - "Isso pode ser um problema." - As coisas podiam ficar perigosas dali pra frente, - mais ainda - e essa informação poderia ser crucial em algum momento. Outra Informação que poderia ser útil era o comportamento de Oika, o rapaz estava demorando para finalizar suas presas de propósito, como se gostasse de tortura-las até onde podia. - "O estilo desse garoto é desprezível." - Eu até podia entender o sentimento de estar disposto a tudo pelos seus objetivos, mas aquilo era puro sadismo.

A primeira leva então foi finalmente derrubada, mas ainda era cedo para relaxar! Mais daquelas criaturas estavam vindo e o primeiro a agir foi Kota que correu desesperadamente em direção aos crustáceos. - Ei! - Exclamei esticando o braço em sua direção, uma ação inútil. - "Esse cara..." - O atirador parecia um bom homem, mas deixava suas emoções tomarem conta fazendo com que esquecesse da sua própria posição como um atirador. - "Um homem desesperado..." - Não podia dizer que não o entendia, quando percebi que não levava jeito para espadachim assim como o restante da família me senti sem chão e me desesperei, me agarrando a tudo que podia, mas o tempo me ensinou que o desespero e afobação apenas nos cegava, fazendo-nos tomar decisões erradas. - "Eu te entendo, mas isso só vai causar o efeito contrário." - Suspirei e voltei a me concentrar, Kota havia deixado sua posição e ultrapassado o tank do time, o maior erro que um atirador poderia cometer.

O erro do rapaz era logo punido, ficando indefeso em meio a duas criaturas que avançavam furiosamente em sua direção. - Merda! - Arregalei os olhos e senti o mais frio dos calafrios subir minha espinha. - Kota! - Sequer tive tempo para pensar muito, a eletricidade a minha volta se intensificou e estiquei o braço direito em sua direção posicionando duas orbs na direção dos monstros e disparando duas lanças de eletricidade concentrada, visando destruir as conchas das criaturas antes que alcançassem o atirador. Se não tivesse ângulo de onde estivesse correria o mais rápido que pudesse diagonalmente pela sala tentando buscar um ponto de onde pudesse disparar sem atingir meu companheiro no processo. Mesmo após atacar a criatura, se percebesse que seu corpo iria tombar para cima do onde Kota estava, aproveitaria o mesmo braço erguido e dispararia uma bola de fogo mediana na direção do monstro, a intenção era apenas tentar empurrá-lo com o baque assim como feito contra o primeiro monstro.

Se conseguíssemos derrubar os monstros avançaria em direção a Kota. - Você está bem? - Esticaria a mão em sua direção para ajudá-lo a se recompor. - Eu sei como se sente, mas não deixe-se tomar pela impaciência. - Talvez eu não fosse a melhor pessoa do mundo para lhe dizer isso, mas não podia simplesmente deixá-lo daquela forma. - Somos um time, lembra? - Diria com um sorriso no rosto. - Eu não sou a melhor pessoa do mundo pra te dizer isso, na verdade pode ser uma grande besteira, mas veja bem, os magos possuem um grande poder bruto, contudo percebi que você é capaz de atacar bem mais rápido do que nós e consequentemente responder mais rápido as ameaças, como Oika só consegue lidar com um adversário por vez, talvez você pudesse ficar responsável pela cobertura, Ino é o único na linha de frente e como seus ataques são mais concentrados acredito que teria mais facilidade de ajudá-lo atacando de longe e impedindo que a linha de frente seja rompida, já que meus ataques mágicos podem acabar ferindo outros aliados se o fizer. - De certa forma estava apenas repetindo o que Ino nos disse antes de entrar no portal com outras palavras, mas após observar o campo de batalha podia entender melhor o que ele quis dizer na ocasião. De qualquer forma se não houvessem mais ameaças continuaria a exploração da caverna, seguindo o tank e prestando atenção no caminho, observando possíveis anomalias que poderiam existir pelo caminho.

Histórico:
Post: 07
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: Kota Hisui, Oika Koduko, Inoshi Akai, Kuroi.
Localização: Parque Akagawa.
Extra: N/A

HP: 1000
MP: 10200 - 400 = 9800
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword - Página 2 SigngGrande

Narração
 


Kota se esgueirava contra a parede, com os braços alargados e sem respirar. Estava tão trêmulo quanto poderia estar e observava as pinças caírem em sua direção com o rosto pálido. O grito de Ino pareceu lhe despertar e, ao menos, não se entregaria sem lutar! Se alguém podia reagir rápido, este alguém era ele. Ambos artefatos que tinha se separaram, em um rápido flash e disparam contra as pinças dos monstros, desviando-as. A parede da rocha foi destroçada, não tão profundamente, pois os caranguejos não tinham lâminas, mas a ponta de suas armas era como um alicate, ainda "raspava" na rocha, com força o suficiente para criar um sulco na parede; a outra, por sua vez, despedaçou um cristal de mana médio, criando um ruído estridente, como se dezenas de copos de vidro fossem quebrados de uma vez.

Neste momento, com um pó azul flutuando no ar, os raios disparados por Minamoto chegavam nas criaturas, quebrando as suas cascas, visto que estavam de costas, e fazendo-as ruir no chão, com mais dois gritos guturais. Quando as criaturas, quase da altura de um humano, estavam caindo, Ino chegou, balançado o seu montante e cortando-as ao meio, jogando os corpos para bem longe, fazendo as carcaças colidirem contra a parede oposta e caírem no chão esbagaçadas. Kota estava a salvo, mas permanecia ali, contra a parede, deslizando até o chão e sentando-se, sem falar nada; não era possível ver o seu rosto.

À sua frente, em pé, estava o Rank B e avaliador, Ino, que terminava o balanço do montante e cravava-o no chão, em um estrondo — Erga-se - Kota não obedeceu — ERGA-SE! - o tanker bradou, fazendo a sua reverberar não só pela sala, mas pela caverna; até os pequenos cristais de mana próximos a Hayato, Kuroi e Oika tremeram. O ranger levantou a cabeça, tremente. Ino estava com a mão esticada — S-senhor? - o caçador a esticou ainda mais, até que Kota finalmente apertou a sua mão e se levantou — A-acabou para mim, não foi? Não vale a pena me estender a mão, eu sei levantar e sei o caminho de volta - não conseguia esconder a sua voz triste. Ino prosseguia — Aqui dentro todos somos companheiros. Independente do resultado do teste, temos que cuidar um dos outros. Este não é o nosso mundo. Lá fora pode ser diferente, mas aqui, somos todos um - puxava o atirador, erguendo-o de vez. Ainda, Kota andava para frente, em direção ao grupo — Você errou ao se precipitar, mas fez um bom trabalho se protegendo sob pressão - Ino comentava. Ele não podia ver, mas Kota, que estava cabisbaixo, erguia um pouco a cabeça, com a crítica e elogio — Acho que sim... - continuou seguindo em frente, em direção a Minamoto.

Minamoto não deixava de receber Hisui, após o incidente — Sim, sim, não me machuquei, isso é o bastante, posso sempre tentar no outro dia...  - dizia, balançando com a cabeça — Estou acostumado com esse sentimento... mas obrigado, irei lembrar - evitava o contato nos olhos, mas não conseguia ocultar a fungada, típica do choro, ainda que contido, colocando uma mão desalenta no ombro do companheiro e seguindo em frente. Ao seu lado, Minamoto pôde escutar um pequeno riso de escárnio, vindo do Summoner; Kota percebia, mas ignorava, mantendo distância dele. Se de um lado havia Oika, do outro estava Kuroi - agora, junto de Hisui. E, desse lado, Minamoto sentia uma grande intenção assassina, que fazia a sua pele arrepiar, vindo da Healer. Ela não parecia nada satisfeita com alguma coisa. O que seria?  

Enquanto isso, Ino se distanciava do grupo e dava uma olhada na outra sala, só para voltar e anunciar — Sem saída, aquela está limpa, vamos pelo corredor perto da entrada - fazia uma seta com os dedos, indicando o caminho que deveriam seguir — O que está acontecendo aqui? - ao voltar, o clima estava pesado, muito pesado. E, de um lado, Kuroi emanava uma aura intensa, enquanto do outro, a criatura mágica do Summoner se mantinha entre os dois. Podia não ter olhos, mas com certeza estava atenta à mulher — Tê-lo aqui conosco só irá trazer ruína. Um lixo que não consegue fazer nada certo só devia ser chutado para fora - cruzava os braços, com os olhos profundos e melancólicos. Era claro que se referia à Kota, que permanecia calado, com os punhos cerrados ao lado do corpo - e Minamoto percebia que, apesar de cabisbaixo, suas mãos tremiam.

Dungeon:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 190482b793f46fb18ad31c72bc3f7a46

A entrada fica no canto superior esquerdo. Vocês estão na primeira sala à direita da imagem. Vocês ainda não sabem o que há na outra sala, apesar das criaturas virem de lá!

PP - Monstro:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 9014895849e8d5dbca146269a6a2ce74

PP - Kota Hisui - Ranger - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 AinStory

PP - Oika Koduko - Summoner - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 8a28d86f0c804618feb5585930617baa

First Tail - Fire & Sword - Página 2 500bafc480d209b2149fc5cf57ed6e9b

PP - Senhorita Kuroi - ??:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 5fb824eef54b371cd07ebdda7ace6ee3

PP - Inoshi Akai - Tanker - B:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 7cd502214b8112bd2ff1e1fd4a6c20a9


Falas:
Kota Hisui
Oika Koduko
Inoshi
Senhorita Kuroi
Civis

Controle:


HP: 1000
MP: 10200

Ataque: 270
Defesa 270

Dano - base: 340 + 170 ou 260 (P.A - normal e buff) + 180 (Buff) = 780
Passiva: 0/3



Pausa no hack and slash para se posicionar nessa treta, pois sua decisão pode afetar em muito relacionamentos com os NPCs, tendo consequências in-dungeon e off-dungeon!




ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
300 Keks
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


~ Ichibi ~

O descuido do atirador criava um momento de tensão sem igual, não seria capaz de manter minha habilidade ativa por muito mais tempo e os próximos ataques seriam provavelmente os últimos. - "Por favor, por favor…!" - O relâmpago atravessou a caverna mais rápido do que um piscar de olhos, acertando em cheio! - "Isso!" - Comemorei de forma discreta fechando o punho esquerdo com firmeza, nesse momento Ino tratava de terminar o serviço, mesmo como um tank sua velocidade era surpreendente sendo quase tão veloz quanto o meu raio. - "A diferença é de um único rank, mas ainda sim..." - A diferença era bem visível, confesso que era um pouco frustrante mas isso não iria me abalar! Sabia muito bem das minhas limitações e as havia aceitado, mesmo que isso não queria dizer que não tentaria tudo que pudesse para melhor o máximo que aquele corpo suportasse.

O momento me permitiu respirar de forma mais aliviada enquanto a eletricidade deixava de me rodeador. - "É o bastante por agora." - Levei a mão direita até o rosto removendo a máscara e colocando-a novamente na lateral da cabeça.  - "Obrigado, velha amiga." - Parecia que tudo retornaria aos trilhos, até que a voz de Akai ecoou por todo salão fazendo meu corpo estremecer como se estivesse no meio de um terremoto! - Unh! - Dei alguns passos para os lados tentando recuperar o equilíbrio momentaneamente perdido, aquela sensação era simplesmente esmagadora! - "Eu estava errado, esse cara sequer mostrou sua verdadeira força ainda." - Engoli a seco, por um momento tinha me esquecido que não estava lidando com um caçador de rank B qualquer, Inoshi era um caçador de rank B experiente da maior guild do Japão que provavelmente já havia enfrentado seus próprios limites em diversas situações, um verdadeiro monstro.

Ao fim do sermão Kota parecia derrotado, toda sua agitação e até mesmo nervosismo tinham desaparecido, não restava nada além de uma casca. - " Kota..." - Ergui a mão em sua direção mas logo interrompi o movimento, provavelmente nada que o dissesse agora teria qualquer efeito. - "Você precisa se decidir sozinho." - Fechei os olhos e respirei fundo, em certos momentos as pessoas precisavam enfrentar seus próprios demônios, encarar seu próprio abismo e decidir por si mesmo, prosseguir ou se jogar? Bem, infelizmente aquela situação não tinha abalado apenas Kota, mas toda a equipe, Kuroi exalava uma aura assustadora, mais assustadora do que dos monstros que tínhamos enfrentados - na verdade elas sequer podiam ser comparadas! - "Mas o que foi agora?" - Me virei na direção da mulher e não foi difícil perceber o que estava acontecendo. - "Aquele garoto..." - Oika, o garoto além de rir de seu companheiro pronunciava palavras duras e cruéis, algo conseguia até mesmo me irritar.

A batalha contra os monstros parasitas sequer se comparavam a aquela situação, Kota estava frustrado, mas seu semblante vazio não parecia tão vazio assim, eu conhecia bem aquela forma. - "Coragem." - Sim, coragem, o rapaz estava se reprimindo e aceitando tudo de cabeça baixo, por outro lado Kuroi estava pronta para pular no pescoço do invocador. - Certo, certo… - Cocei a nunca e respirei fundo, a forma que Oika estava tratando o atirador também tinha me frustrado, mas não podia dizer que ele estava totalmente errado. - Acredito que tenha ouvido o que Sr. Ino disse agora pouco, aqui dentro todos somos um, Kota cometeu um erro e isso é um fato do qual não há como voltar atrás, mas e daí? Quem nunca fez uma besteira porque estava nervoso demais? Nunca teve dor de barriga antes de uma prova importante no colégio? Não pisou no pé de alguém enquanto dançava, derrubou o celular da varanda, não sofreu um acidente? Somos humanos e erros acontecem, mas precisamos de coragem para aceitar os erros, aprender com eles e fazer melhor da próxima vez. - Meu olhar alternava-se entre o invocador e o atirador. - Você realmente errou ali, mas e agora? Vai simplesmente desistir e jogar a toalha? Eu sei como é falhar, ter suas esperanças arrancadas de você e ser engolido pelo desespero, mas se você quer realmente ser um caçador tenha coragem, levante-se e diga que não cometerá o mesmo erro novamente, nossos erros podem custar a vida de alguém, você precisa ser capaz de lidar com essa pressão, com esse peso, pois ele estará sobre os seus ombros todos os dias de sua vida assim que se tornar um de verdade. -  Minha expressão amigável de sempre dava lugar a uma mais séria e até mesmo severa. - Mas você não precisa carrega-lo sozinho, todos aqui compartilham o mesmo peso. - Um leve sorriso se formou pouco antes de retornar a uma expressão mais séria.

- Kota Hisui, você vai simplesmente desistir e se acovardar no seu primeiro erro? Se sua resposta for sim, você deveria desistir de uma vez. - Palavras duras, mas que precisavam ser ditadas naquele momento. - Sempre posso tentar no outro dia, foi o que você me disse, esqueça essa forma de pensar, enquanto você não levar isso a sério nunca terá êxito, todos estão aqui arriscando suas vidas, não ofenda os caçadores que dão suas vidas por esse trabalho. Se falharmos aqui e o portal se romper por isso muitos morrerão, por isso a falhar nunca é uma opção. - As lembranças do que a falha em Jeju tinha causado provavelmente era algo que marcava o coração de todos, inclusive o meu, aquele infeliz incidente que assolava o mundo até hoje.

Viraria de costas, desta vez olhando para Oika. - E você… - Uma fagulha passou rente ao meu olho direito, resquício da última técnica ou sentimentos negativos aflorando? - Nunca mais ria do esforço de alguém quando você sequer é capaz de trabalhar em equipe, Oika pode ter errado mas você também está longe de estar agindo como um caçador. - Aquele talvez não fosse o melhor momento para lavar a roupa suja, e avaliar o desempenho do time sequer era o meu trabalho, contudo não podia deixar aquela situação dessa forma, se um dia almejava estar a frente de grandes times precisaria aprender a lidar com situações como aquela.    


Histórico:
Post: 08
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: Kota Hisui, Oika Koduko, Inoshi Akai, Kuroi.
Localização: Parque Akagawa.
Extra: N/A

HP: 1000
MP: 9800
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword - Página 2 SigngGrande

Narração
 


Diante daquela situação, Minamoto se posicionava, não particularmente tomando um lado, mas mostrando as falhas de cada um e agindo como um verdadeiro mediador. À medida que falava, pode sentir a aura assassina de Kuroi se esvaiar. Na oportunidade, a mulher e Ino trocavam olhares, sem interferir no sermão que o Elementalista dava em ambos os caçadores. Kota continuava olhando o chão, com os punhos cerrados, mas como Hayato havia assumido, ele não havia desistido. Mesmo após o fim do discurso, ele manteve-se calado, reunindo coragem o suficiente para quase gritar.

EU NÃO DESISTI! E NEM DESISTIREI! - vociferava, aos berros, contra ninguém em específico, apenas fazendo a sua voz ecoar pela caverna — Peço desculpas pelo meu erro e irei me esforçar para compensá-lo - os músculos de sua bochecha tremiam um tanto ao falar, mas suas palavras carregavam toda a sua sinceridade, era possível sentir. Com a palma da mão aberta e um punho fechado, ele fazia um pedido de desculpas formais, como era da tradição nipônica.

Com a resposta, Ino, que mantinha o seu montante em pé, cravado no chão e ao seu lado, abria um sorriso que tentava disfarçar, assim como Kuroi, que escondia parte do rosto atrás de seu leque. Oika, por sua vez, dava de ombros, sem responder ao sermão de Minamoto e fazendo sua sombra recuar, a qual apenas o envolvia da cintura para baixo — Vamos em frente, temos uma dungeon para completar - o Tanker anunciava, tomando a frente do grupo rumo ao corredor que evitaram anteriormente; antes, ao passar pelo Elementalista, dava um tapinha em seu ombro, sem dizer mais nada; de forma semelhante, Kuroi dava-lhe um olhar, ainda cobrindo-se com o leque e seguindo em frente.

Dessa forma, o grupo seguia pelo corredor, chegando a uma área central que dava a três caminhos diferentes. Um deles possuía uma ponte, a qual o chão era de pedra não trabalhada, mas a entrada possuía dois arcos que mais pareciam duas esculturas e que não pareciam uma construção natural. Mais à frente, havia uma grande sala, com diversos cogumelos sobre rochas, consideravelmente maiores do que viram mais cedo, com alguns cristais de mana ao redor. O último caminho parecia dar a outras duas salas — Provavelmente esta é a sala do boss - Akai apontava para o caminho da ponte — E aqui teremos monstros - apontava para os outros caminhos — Vamos limpar tudo primeiro, descansar e depois enfrentar o boss. É verdade que não podemos falhar, mas este portal está longe de vencer, ainda há tempo para se recuperar e nossa equipe coletar alguns materiais. Vamos fazer isso, pensem que logo estarão livres! - exclamava, aproveitando a oportunidade para explicar o procedimento e incentivar o grupo.

E é bom se preparem agora - Ino avisava. E logo, ao fundo da grande sala, quatro criaturas começavam a surgir do solo, erguendo os cogumelos e revelando que eram parte de seus corpos — E ai? O que faremos? - o Avaliador perguntava, em uma clara provocação. As criaturas eram pesadas, diferente dos ágeis Blood Crabs, mas logo os alcançariam, naquela posição — Alguma sugestão? Observação? - voltava a perguntar, enquanto eles chegavam perto da passagem entre as salas.

Dungeon:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 190482b793f46fb18ad31c72bc3f7a46

A entrada fica no canto superior esquerdo. Vocês estão na primeira sala à direita da imagem. Vocês ainda não sabem o que há na outra sala, apesar das criaturas virem de lá!

PP - Blood Crab:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 9014895849e8d5dbca146269a6a2ce74

Monstro - Fungo:
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Bbeb0cdaa4a086c8bc923a2124c18ab8

PP - Kota Hisui - Ranger - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 AinStory

PP - Oika Koduko - Summoner - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 8a28d86f0c804618feb5585930617baa

First Tail - Fire & Sword - Página 2 500bafc480d209b2149fc5cf57ed6e9b

PP - Senhorita Kuroi - ??:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 5fb824eef54b371cd07ebdda7ace6ee3

PP - Inoshi Akai - Tanker - B:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 7cd502214b8112bd2ff1e1fd4a6c20a9


Falas:
Kota Hisui
Oika Koduko
Inoshi
Senhorita Kuroi
Civis

Controle:


HP: 1000/1000
MP: 9800/10200

Ataque: 270
Defesa 270

Dano - base: 340 + 170 = 510
Passiva: 0/3








ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
300 Keks
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


~ Ichibi ~

Quando afrontado por um adversário há sempre duas escolhas, dar dois passos para trás ou meio passo para frente, essa simples escolha dizia muito sobre uma pessoa e diferia aqueles que continuavam avançando daqueles que nunca sairiam do lugar independente do quanto tentasse. - "Meio passo já basta." - Um leve sorriso se formou ao presenciar a resposta do aspirante a caçador, por outro lado o invocador mantinha sua postura desrespeitosa, francamente… Ele provavelmente estava naquela fase. - "A fase da rebeldia? Esse garoto não deve ter muitos amigos no mundo real." - Suspirei dando de ombros, os jovens daquele tipo eram sempre… Jovens.

De qualquer forma a caminhada pela masmorra continuou! Kota parecia mais determinado do que nunca, agora restava saber se aquelas palavras realmente tinham algum valor. Enfim, de uma forma ou de outra o time parecia completo novamente e caminhamos até pararmos em um local suspeito, uma encruzilhada para ser mais preciso. - "Isso até parece o cenário de um filme de terror." - Balancei a cabeça levemente em negação, não era um bom momento para meus devaneios. - "Os caminhos parecem bem distintos apesar de estarmos em uma caverna." - Levei uma das mãos até o queixo, tombei levemente a cabeça de lado enquanto analisava mesmo que superficialmente nossas opções.

Nesse meio tempo Ino-san tratava de nos passar novas instruções, inclusive era capaz de dizer apenas de olhar onde provavelmente era a sala do boss. - "Então os chefes estão geralmente em locais chamativos assim?" - Pensei comigo mesmo, de fato aquela ponte era a parte mais suspeita da caverna, não só por ser a única mas também por por seus adornos bem trabalhados, quase como se tivessem sido feitos por artesãos. - "Impressionante, me pergunto como essas coisas vieram parar aqui." - Toda geografia e o bioma em geral eram algo a ser analisado e estudado, todas as informações eram válidas para chegar mais perto da verdade que aquele mundo escondia até hoje.

Enquanto pensava comigo mesmo a respeito da região onde estávamos novas criaturas surgiram logo após o pronunciamento do tank. - E lá vamos nós de novo. - Forcei um pouco a vista até perceber que as criaturas eram na verdade cogumelos! Quer dizer… Talvez fosse certo dizer que os cogumelos eram apenas fungo crescendo de sua pele? - Essas coisas… - A velocidade era claramente inferior comparado as anteriores, talvez isso significasse que eram mais fortes e/ou resistentes? - Dado o histórico de parasitas nesse local é melhor estar atento a essa possibilidade também. Talvez eu consiga fazer algo a respeito dos fungos com minhas chamas. - Ergui a mão direita na direção das criaturas. - Kota, eles parecem mais resistentes que os últimos, talvez ataques pesados tenham um melhor efeito. - Durante a última batalha o atirador tinha apresentado duas formas principais de lutar, disparando projéteis menores e rapidos, mas com dano inferior e, outros mais lentos mas poderosos, talvez fosse hora de ataques maiores já que os antigos eram alvos mais fáceis.

Com o braço ainda erguido finalmente atacaria lançando uma rajada de fogo em direção ao monstro mais próximo, tentaria atingir sua cabeça, costas e outras áreas que estivessem com maior concentração de fungos, seria um bom experimento inicial. Aproveitaria que os monstros ainda estavam distantes para realizar ataques de maior escala, após o ataque da rajada de fogo com o outro braço dispararia a maior bola de fogo que pudesse em direção ao monstro que estivesse no meio, o objetivo era fazer as chamas colidirem contra o primeiro e se espalharem em direção aos demais. Por fim juntaria as duas mãos com as palmas abertas. - Queimem. - E com um largo sorriso no rosto uma grande espiral de fogo seria lançada, a maior que pudesse - sem que afetasse meus aliados caso algum estivesse na frente - com intuito de atingir o monstro que estivesse mais próximo e se possível espalhar o fogo através dos fungos que existiam nos corpos dos demais. Ademais, permaneceria na linha de fundo observando os resultados dos meus ataques de fogo e também tentando tomar cuidado com as redondezas, como estávamos em uma encruzilhada existia possibilidade de ataque de todas as direções, se percebesse algo estranho/um ataque inimigo alertaria aos demais com um grito ao mesmo tempo em que tentaria evitar a investida inimiga, saltando para a direção mais aberta e contra-atacando lançando uma rajada de fogo concentrada na direção do agressor.

Histórico:
Post: 09
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: Kota Hisui, Oika Koduko, Inoshi Akai, Kuroi.
Localização: Parque Akagawa.
Extra: N/A

HP: 1000
MP: 9800
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword - Página 2 SigngGrande

Narração
 


Ino havia parado naquele local por um único motivo. Os monstros continuavam a vir da sala à frente e, tão logo adentravam o range de Minamoto, este se preparava para recebê-los com artilharia pesada, assim como Kota, seguindo as suas orientações. Sem o intento de ficar para trás, Oika também liberava o seu summon para correr atrás das criaturas. Ino dava um suspiro, junto à Kuroi — Péssima escolha a de vocês - Akai comentou. E o motivo logo se revelaria.

As primeiras bolas de fogo disparadas por Hayato atingiam seus inimigos; um na cabeça, no monstro na centro-esquerda, enquanto a outra explodia acima das costas da criatura do centro-direita. Assim que as chamas colidiram contra seus corpos, as criaturas pareceram entrar em um estado de fúria e avançaram a passos pesados - mas mais rápidos que antes - na direção do grupo. Era possível perceber que os monstros haviam sofrido bastante com as chamas, e Minamoto ainda conseguia envolver os centrais em um pequeno vórtex flamejante que saia de sua mão. Todavia, isso não era o suficiente para pará-los!

Kota também havia recuperado-se e seus dois artefatos se juntavam, formando uma só arma, na qual se acumulava uma incrível quantidade de mana e disparava um grande feixe de luz contra uma das criaturas, a da extrema-esquerda, que recebia um oco no meio do tronco. E, mesmo assim, ela não havia parado! Oika, por sua vez, tentava lidar com a criatura da extrema-direita, dispersando os esforços, mas apesar de sua invocação envolver o monstro, ele continuava avançando!

Apesar de já terem infligido um bom dano nas criaturas, mesmo sem a intervenção de Ino, a situação não estava nada favorável. Isso porque, do outro caminho, de onde surgiam duas salas, mais seis criaturas não identificadas apareciam, correndo como se um verdadeiro predador. Se assemelhava a um felino, fosse um leão ou uma pantera, mas seu corpo parecia ser feito de madeira; ou melhor, de raízes, com diversos galhos e folhas crescendo aleatoriamente; ademais, sua cauda era longa e inchada, com certeza uma de suas armas. Ao instante que as criaturas apareçam, Ino proclamou — Recuem para o corredor! - ergue o braço, fazendo o movimento para que todos os caçadores voltassem. Acontece que, se voltassem atrás, com certeza seriam golpeados pelos monstros fungícos, que já estavam praticamente em cima deles!


First Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_BeastFirst Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_Beast
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_Beast
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_Beast
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_BeastFirst Tail - Fire & Sword - Página 2 Blood_Beast

Agora estava mais claro o motivo de Ino ter perguntado o que eles queriam fazer. A dungeon ainda era um teste para descobrir novos talentos e, neste desafio, todos haviam falhado miseravelmente, colocando o grupo em uma situação de iminente risco de vida! Para a fortuna dos novatos, um caçador de Rank B estava presente no local, e este era o Tanker Akai Ino — INOSHISHI NO NAKIGOE! - sua espada brilhou em um intenso tom rubro, enquanto sua voz reverberava por toda a caverna, como quando ordenou que Kota se erguesse. Era um grito forte o suficiente para fazer os ouvidos estremecerem; e também para todos os monstros daquela área começarem a correr em sua direção — Para o corredor! - reforçava a ordem, mais uma vez, após atrair o aggro dos inimigos.

Dungeon:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 190482b793f46fb18ad31c72bc3f7a46

A entrada fica no canto superior esquerdo. Vocês estão na sala ao lado da ponte de pedra. Os cachorros de madeira estão vindo das duas salas laterais e os fungos da sala maior à frente.

PP - Blood Crab:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 9014895849e8d5dbca146269a6a2ce74

Monstro - Fungo:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 Bbeb0cdaa4a086c8bc923a2124c18ab8

Monstro - Besta de Madeira:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 36809840940f37e42af61f1537af1e59

PP - Kota Hisui - Ranger - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 AinStory

PP - Oika Koduko - Summoner - C:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 8a28d86f0c804618feb5585930617baa

First Tail - Fire & Sword - Página 2 500bafc480d209b2149fc5cf57ed6e9b

PP - Senhorita Kuroi - ??:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 5fb824eef54b371cd07ebdda7ace6ee3

PP - Inoshi Akai - Tanker - B:

First Tail - Fire & Sword - Página 2 7cd502214b8112bd2ff1e1fd4a6c20a9


Falas:
Kota Hisui
Oika Koduko
Inoshi
Senhorita Kuroi
Civis

Controle:


HP: 1000/1000
MP: 9800/10200

Ataque: 270
Defesa 270

Dano - base: 340 + 170 = 510
Passiva: 0/3








ADM.Kekzy
ADM.Kekzy
300 Keks
Localização : Seul

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO
Admin


_________________
First Tail - Fire & Sword - Página 2 Akira_11

"Talento, Honra e Lealdade"


~ Ichibi ~

O ataque flamejante as novas criaturas gerava um resultado… Inesperado? Assim como antes o golpe parecia surtir efeito, mas de uma forma estranha, será que aquelas coisas também estavam sob o controle de parasitas? A suspeita só aumentou quando Kota abria um buraco enorme no peito de uma das criaturas e ela continuava a se movimentar. - Isso só pode ser brincadeira. - Arregalei os olhos e senti meu corpo estremecer, aquelas coisas estavam realmente vivas?! Não, a pergunta correta era: aquelas coisas podiam ser mortas? Como toda desgraça era pouca… Não apenas nossos inimigos frontais eram inabaláveis, como novos surgiam da outra passagem! - Uhn?! - E uma vez mais senti aquela sensação, a mais humana do que qualquer outra: o medo da morte, o suor frio escorreu pela têmpora ao mesmo tempo em que todo meu corpo estremeceu de baixo para cima como se algo estivesse subindo pela espinha.

Gigantes pela frente e felinos ágeis pelo lado,  aquela sem dúvidas era a situação mais tensa desde que pisamos naquele portal, Ino tomava a dianteira e  ordenava a retirada. - "Recuar? Como se fosse..." - Então era assim que tudo terminaria? Depois de todo aquele papo de não subestimar os caçadores isso era tudo que podia fazer? Que piada, é claro que eu ainda sequer podia ser considerado um igual a eles. - "Bem, não me arrependo de nada." - Um leve sorriso se formou em meu rosto, desde que reneguei o destino patético que havia caído sobre minha família sabia que algo assim aconteceria cedo ou tarde, só não imaginei que seria tão cedo, desafiar era que só só tinha um final feliz em histórias fantasiosas como mangás e animes.

O fim parecia tão real que quase fui capaz de sentir o gosto da morte, isso claro se não fosse por Ino-san, aquela era a diferença entre aqueles que apenas almejam o poder daqueles que realmente o possuíam. - "Patético..." - O sorriso de outrora diminuía, quase desaparecendo, o mundo era realmente injusto, seu destino já era decidido no momento de nascimento e isso era imutável independente do quanto se esforçasse. - "Você devia desistir" - Uma memória longínqua me atingia como um raio, aquela frase, aquela maldita frase que já havia me sido dita tantas vezes: você devia desistir, você é apenas um mísero caçador rank C como tantos outros, não há nada de especial em você, como espera mudar alguma coisa assim? A glória ficou no passado, esqueça isso e viva uma vida normal como todos nós, os Minamoto estão mortos.

- Que se foda tudo isso. - Murmurei comigo mesmo fechando os punhos com firmeza, a expressão em meu rosto se alternava de forma bem significativa, uma mistura de determinação e ódio. - Eu sou da linhagem dos imperadores. - Me virei de costas e comecei a correr em direção ao corredor. - E também… - Com a mão direita apanhei a máscara da kitsune uma vez mais. - O yokai, kitsune. - Colocando a máscara em frente ao rosto minha habilidade era ativada novamente, Gobi no Kitsune, a forma da raposa de cinco caudas, coberto pelo manto de eletricidade que intesificavam meus poderes mágicos ao máximo que meu corpo era capaz de suportar.

First Tail - Fire & Sword - Página 2 CvnW9Db
 
O fogo tinha se mostrado eficiente, mas insuficiente para derrubar meus inimigos, na verdade atacá-los tinha os tornado ainda mais agressivos. -  Vamos acabar com isso com um único golpe. - Assim que alcançasse uma distância segura me viraria na direção de Ino que estava atraindo todos os monstros. - "Dane-se o rank e o destino, uma letra não vai ditar quem eu sou!" - Apontei a mão na direção das panteras que pareciam as mais velozes e talvez menos resistentes, aproveitando seu foque no tank dispararia duas bolas de fogo, um na direção da pantera da direita e outra no que estava na esquerda, logo em seguida juntaria as duas mãos lançando uma rajada de fogo entre as duas primeira, visando atingir a linha do meio onde as panteras vinham uma atrás da outra, o objetivo era varar a linha de frente e atingir as duas do meio. - Kota, as do fundo! - Exclamaria para o atirador que possuía o maior alcance.

Enquanto atacava as panteras com fogo, utilizaria as orbs de eletricidade para atingir os brutamontes, Kota parecia ter conseguido feri-los com um ataque perfurante, então tentaria repetir, quatro orbs começariam a reluzir com maior intensidade e então quatro disparos seriam realizados como lanças de eletricidade, o objetivo era tentar cortar as patas dianteiras da duas criaturas que vinham mais a frente, se não conseguíssemos derrotá-las com facilidade, pelo menos poderíamos tentar atrasá-las. Continuaria prestando atenção às redondezas, se Ino estivesse enfrentando dificuldades para conter os monstros daria prioridade em atacar os monstros que estivesse apresentando a maior ameaça no momento, com ataques mais contidos e controlados, bolas de fogo ou lanças de eletricidade - dependendo do atributo que se mostrasse mais eficiente - se por ventura algum monstro conseguisse furar o bloqueio tentaria me afastar dando alguns passos para trás ou para os lados se fosse mais propício para evitar o ângulo do seu ataque, logo após o movimento de pés tentaria contra-atacar disparando um ataque de raio na direção de suas patas dianteiras e/ou traseiras.  

Zenko-Tsuki - Gobi no Kitsune:
Nome da Skill: Zenko-Tsuki - Gobi no Kitsune  (Possessão da Raposa Bondosa - Raposa de Cinco Caudas)
Tipo: Buff (50 PP’s)
Rank / Valor: B (30 PP’s) / + 180 de INT
Alvo: Pessoal (0 PP’s)
Distância: N/A
Efeito: Buff em Inteligência | Afinidade com Trovão: Fabuloso (0 PP´s)
Condição: O buff geralmente é ativado quando o usuário coloca a máscara de Kitsune sobre o rosto, contudo ainda é possível ativá-la sem a máscara mesmo que o usuário se sinta desconfortável com isso (0 PP´s)
PP's 80
Consumo: 400
Descrição:Utilizando da sua afinidade natural com o elemento trovão, raios amarelos começam a rodeador o mago, próximo ao seu cóccix figuras similares a caudas começam a se formar e se estendem até um pouco acima de sua cabeça, formando um total de cinco.
Além das caudas os raios se concentram em cinco Hoshi no Tama (esferas com cerca de 15 centímetros de diâmetro) que reluzem na coloração branca com detalhes dourados, essas esferas permitem ao mago disparar ataques de eletricidade mais poderosos e concentrados do que o normal através das esferas que flutuam ao seu redor (não vão mais longe do que a extensão de seus braços).
Durante a habilidade algumas fagulhas de raio percorrem discretamente o seu corpo, surgindo e desaparecendo, a maior concentração geralmente está em seus olhos que eventualmente parecem brilhar com a eletricidade, seus cabelos nas partes laterais superiores são eletrificados e assumem o formato de duas orelhas de raposa.

Histórico:
Post: 10
Ganho: N/A
Perda: N/A
Pericias: Runas, Monstrologia, Sobrevivência, Geografia, Rastreio.
Relações: Kota Hisui, Oika Koduko, Inoshi Akai, Kuroi.
Localização: Parque Akagawa.
Extra: N/A

HP: 1000
MP: 9800
Tidus
Tidus
300 Keks
Localização : Tóquio

MENSAGENS

Æther

DINHEIRO

_________________


First Tail - Fire & Sword - Página 2 SigngGrande

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo


SLRPG :: MUNDO :: JAPÃO

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Layout desenvolvido por Roevs, Remenuf e Mizzu
SOLO LEVELING RPG (2018 - 2020)